Preta Gil tira a roupa para curtir rio e surpreende ao usar biquíni ousado

Preta Gil
Preta Gil deixa fãs surpresos com foto de biquíni e recebe elogios (Imagem: Reprodução / Instagram)

Preta Gil causou euforia nos fãs na tarde da última quinta-feira (2) com um vídeo publicado no Instagram. A cantora compartilhou o momento em que tira a roupa para curtir o Rio Francisco, revelando o biquíni ousado por debaixo do que estava vestindo.

publicidade

Nas imagens, Preta aparece ostentando o corpaço natural, sem retoques ou filtros, esbanjando atitude e beleza real para os seguidores. Mesmo sem o ensolarado do local, a artista aproveitou o momento de lazer.

Além de curtir um passeio de barco, Preta Gil também mostrou outros momentos do passeio para os mais de 9 milhões de seguidores. A artista aproveitou para curtir um churrasco com amigos.

publicidade

Veja Também

“Quando coloquei meu body pra jogo no Rio São Francisco”, escreveu Preta, na legenda da publicação. Nos comentários da postagem, seguidores não deixaram de elogiar a artista.

“Maravilhosa”, escreveu uma seguidora. “Linda”, disse outra. “Nossa, um arraso”, destacou mais uma internauta. “Deusa”, declarou outra usuária do Instagram, entre várias mensagens.

Preta Gil relata dor após ser vaiada em público e desabafa

Recentemente, Preta relembrou da vez que foi vaiada por ter usado o termo “mulata” em público. A cantora desabafou sobre a situação durante o Power Trip Summit, da revista Maria Claire.

publicidade

“Fiquei muito envergonhada, me perguntava ‘como isso não chegou até mim?’. Entendo a raiva que as mulheres ficaram”, disse Preta, que contou mais detalhes em seguida:

“Estou vendo mulheres negras aqui nesse espaço, isso não existia. Na minha juventude sempre fui a única preta em todos os ambientes”.

Após a vaia, Preta Gil entendeu os privilégios que possui por não ser negra retinta, ter cabelos lisos e também por ser uma pessoa famosa. “Para entender que isso tudo me dá passibilidade eu tive que receber uma vaia. Óbvio que aquilo me doeu”, confessou.

publicidade

“Se eu não tivesse sido vaiada talvez eu não tivesse amadurecido e aprendido tanto sobre a nossa história”, pontuou a artista, que disse ter buscado ajuda de Taís Araújo, que citou um grupo com mulheres negras.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“A gente vive uma grande farsa no nosso país no que diz respeito à democracia racial. Vivemos uma disparidade. A gente está começando a emergir, se unir, mas ainda é tudo muito difícil. Temos que realmente provocar para que as instituições contem a nossa história de verdade”, completou Gil.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
publicidade
Renan FerreiraRenan Ferreira
Renan Ferreira, 21 anos, é estudante de Jornalismo e repórter do RD1. Também já escreveu para outros sites sobre entretenimento e pode ser encontrado nas redes sociais no @eurenanferreira.