Protagonistas de Malhação – Viva a Diferença fazem balanço da reprise da temporada

Malhação
Gabriela Medvedovski, Heslaine Vieira, Ana Hikari, Manoela Aliperti e Daphne Bozaski, de Malhação – Viva a Diferença; Protagonistas comentam sobre temporada, que chega ao fim no próximo dia 22  (Imagem: Divulgação / Globo)

A reprise de Malhação: Viva a Diferença chega ao fim no próximo dia 22. Assim, como na exibição original, a vencedora do Emmy Kids Internacional em 2018 também conseguiu gerar repercussão entre o público.

Em entrevista, as protagonistas da temporada Gabriela Medvedovski, Ana Hikari, Heslaine Veira, Manoela Aliperti e Daphne Bozaski contaram sobre a experiência de rever a trama. “Desta vez, há um distanciamento. Quando estamos gravando e assistindo ao mesmo tempo ficamos muito envolvidos na trama”, analisou Gabriela.

Já Daphne destacou a repercussão que a novela ainda tem hoje em dia. Para ela, o interesse dos telespectadores pela história é o fato da realidade mostrada na trama ser totalmente compatível com o factual:

“Acho muito interessante acompanhar a repercussão pela segunda vez de um mesmo trabalho. Percebi que o texto e os temas que foram escritos em 2017 ainda cabem muito hoje em dia. O alcance de tantas outras pessoas que na época não conseguiram assistir me deixou impressionada e muito feliz, pois é um trabalho que acho de extrema importância ser visto pela diversidade de temas que são abordados e pela maneira como o Cao Hamburger desenvolveu cada uma das personagens”.

Além da reapresentação na TV aberta, o quinteto esteve de volta no mesmo período no spin-off As Five. A depender de Ana, elas vão voltar a interpretar as personagens por muito tempo. “Essas cinco mulheres são extremamente complexas e interessantes, com histórias incríveis pra serem contadas. Com certeza, se depender da nossa paixão pelo projeto, da criatividade do Cao e do amor do público pelas Five, o projeto pode ter vida longa”, afirmou.

Heslaine também comentou a sua experiência como espectadora. “Eu, como telespectadora, me sinto entusiasmada em ligar a TV à tarde e à noite poder ir ao Globoplay acompanhar a continuação da história daquelas personagens. É como se elas já fizessem parte da minha vida, eu imagino que o público possa ter uma sensação próxima. De vê-las crescendo e de poder acompanhar como a vida delas está fluindo”, avaliou. 

“Acredito que as Five terão vida longa! Elas ainda têm muito para dizer e para nos fazer questionar. O público tem sido como sempre muito carinhoso, presente, e tem se sentido muito representado. Eu recebo inúmeras mensagens que me fazem arrepiar”.

Manoela também compartilha da mesma vontade. “Acho que a reprise ter acontecido junto com a série foi ótimo! Fico na torcida para que as histórias das cinco continuem dando muitos frutos, tanto para nós que fazemos quanto para quem acompanha a história”, disse.

Veja mais ›