Rachel Sheherazade e Felipe Neto fazem as pazes e viram assunto na web

Rachel Sheherazade
Rachel Sheherazade e Felipe Neto viraram assunto após o Roda Viva (Imagens: Reprodução – TV Cultura/ Montagem – RD1)

Felipe Neto e Rachel Sheherazade colocaram de uma vez por todas qualquer tipo de rivalidade que tenha existido entre eles. A apresentadora do SBT foi uma das entrevistadoras do Roda Viva, desta segunda-feira (18), que recebeu o youtuber.

Logo no começo do programa, a jornalista surpreendeu e se referiu ao digital influencer como “meu ex-hater”. O youtuber concordou: “Já fui um hater de Rachel. Já escrevi texto no Facebook contra ela. Rachel tem uma representação importante na imprensa e nas redes sociais. Estou com orgulho de ter você me entrevistando”.

Cabe lembrar que, no ano passado, Felipe Neto decidiu pedir perdão para Rachel Sheherazade. Ele ainda compartilhou um vídeo da famosa fazendo caras e bocas contra notícia sobre Jair Bolsonaro (sem partido) no SBT Brasil.

“Peço perdão por um dia ter perdido a cabeça e escrito um texto com ofensas. O que você representa hoje, em termos de humanidade, é de nos encher de orgulho”, disparou o youtuber em seu perfil.

A jornalista sempre foi conhecida por suas posições de direita, mas, desde o início do governo atual, se transformou em uma das vozes críticas ao político. Já o blogueiro sempre teve posicionamentos mais alinhados com a esquerda, apesar das críticas ao PT.

“Obrigado, Rachel. Você se tornou um ícone de mudança e evolução”, acrescentou Felipe Neto, que recebeu resposta de Rachel Sheherazade. “Estamos todos no mesmo barco, tentando fazer hoje melhor que ontem. Evoluir, seguir em frente, perdoar-se e perdoar é um imperativo aos que não se contentam com a pequenez ou a mediocridade”, escreveu ela.

No Roda Viva, a jornalista perguntou o motivo dele ter mudado a linguagem de seu canal no YouTube de algo jovial para as opiniões políticas. “O que te fez exatamente deixar de ser aquele Felipe Neto imaturo para ser o crítico político que você se tornou?“, questionou ela.

“Não houve um gatilho. Acho que a minha participação dentro desse cenário sempre existiu. Mas eu sempre encarei meu canal como fonte de diversão. Levei esse debate para o Twitter. No Youtube eu sou uma mistura de apresentador, ator e comunicador. Dentro YouTube eu estou criando conteúdo como pessoa e empresa. Já no Twitter, não. É uma rede social de opinião, onde eu coloco para fora o que penso”, desabafou.

Confira a repercussão:

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

WordPress Lightbox