Radialista Paulo Barboza morre, aos 73 anos, em São Paulo
Paulo Barboza morreu devido a um infarto fulminante na madrugada desta segunda-feira (16) (Imagem: Reprodução / SBT)

O radialista Paulo Barboza morreu na madrugada desta segunda-feira (16), aos 73 anos, devido a um infarto fulminante em São Paulo.

O velório acontece desde as 9h no cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. A cremação está prevista para acontecer às 17h.

Também jornalista e publicitário, Paulo Barboza trabalhava na Super Rádio 1150 AM. Passou ainda pelas rádios Globo, Tupi e América.

O radialista foi um dos primeiros a investir em debates políticos no rádio, o que chamou a atenção de Silvio Santos, ouvinte fiel de Paulo. Por essa razão, ele participou do “Troféu Imprensa” por quase uma década.

Viúvo desde 2015, Paulo Barboza deixa dois filhos e três netos.

Saiba Mais:

“Arroz de Palma” tem primeiro bloco de capítulos entregue na Globo

Globosat transfere série do GNT para o canal Viva

Acompanhe muito mais na sua Rede Social preferida:

Instagram: @RD1Oficial

Twitter:   @RD1Oficial

Facebook: @RD1Oficial  


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!