Raul Gil
Raul Gil causou polêmica ao receber família de Yasmin em seu programa (Imagem: Reprodução / SBT)

Raul Gil voltou a dividir opiniões ao tratar da morte da ex-artista mirim Yasmin Gabrielle em seu programa. Isso por que, no último sábado (18), o apresentador recebeu os familiares da jovem para falarem, pela primeira vez, sobre o falecimento dela.

“Muita gente me perguntou: ‘Você não sabe o que aconteceu?’. Não sei, gente”, afirmou o comunicador, que, então, sentou-se ao lado de um dos irmãos, o pai e a madrasta dela. “Vamos ver se eles vão esclarecer para nós o que aconteceu. Isso pode ser até uma alerta. Como pode acontecer que uma menina de 17 anos, com um talento extraordinário…”, comentou ele.

O irmão revelou que esteve com ela na semana antes. “A gente saiu para comer pizza, ela estava muito feliz e não demonstrava nada para gente. Mandava mensagens, vídeo cantando. Era o tempo todo ela sorrindo. A gente não tem um motivo certo para o que aconteceu”, disse Gabriel, que falou que ela não estava namorando.

“E a senhora [madrasta] não percebeu nada? Se ela estava magoada, chateada, triste, com depressão?”, questionou Raul Gil. “Não, nada. Ela não fazia tratamento. Era bem alegre, feliz”, respondeu a convidada. “Ela suicidou com o que? Tomou comprimidos? Muitos remédios?”, perguntou o artista, cortando a madrasta.

O apresentador seguiu com perguntas para tentar descobrir os motivos que a levaram ao suicídio, mas não teve resposta. “Estou chegando à conclusão que ninguém sabe o que aconteceu com ela”, disparou ele. “Impressionante como uma pessoa pega, toma duas cartelas”, acrescentou o profissional do SBT.

A conversa chamou a atenção dos internautas, que criticaram Raul Gil pela atitude e suas falas no programa. “Raul Gil claramente não entende do assunto. Depressão não tem cara, a pessoa que mais sorri no mundo pode ter depressão, aquela que você nem imagina”, disse um usuário do Twitter.

“Com essa divulgação, só espero que outras pessoas não sintam encorajadas em cometer suicídio da mesma forma que a Yasmin fez”, comentou outro. “Programa Raul Gil sendo incrivelmente insensível e ignorante na sua abordagem no caso da morte da Yasmin. Uma pessoa depressiva não precisa ficar chorando 24h por dia pra ser depressiva! Sejam melhores! Explorar dessa forma um caso tão sério e triste é ridículo”, disparou mais um.

Confira o vídeo e a repercussão:

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!