Record estica “Cidade Alerta”, mas mantém audiência

Cidade Alerta
Luiz Bacci à frente do “Cidade Alerta”; Record ampliou duração do jornalístico (Imagem: Divulgação / Record)

A Record promoveu uma pequena mudança em sua grade nesta terça-feira (28), dando mais 15 minutos ao “Cidade Alerta” – em meio à cobertura da morte do cantor Gabriel Diniz. O jornalístico de Luiz Bacci, contudo, não apresentou elevação na audiência. A novela “Topíssima”, exibida na sequência, bateu novo recorde negativo. Em contrapartida, o “Hoje em Dia”, também dedicada ao noticiário acerca de Gabriel, emplacou a vice. E “A Hora da Venenosa” chegou ao primeiro lugar.

No ar das 16h33 às 19h47, o “Cidade Alerta” alcançou 9,7 pontos, 13 de pico e 16% de participação no número de televisores ligados (share); na mesma faixa, o SBT atingiu 7 de média. Em seguida, “Topíssima” amargou 7,6 pontos, 12 de pico e 11% de share, entre 19h47 e 20h45. A trama inédita, por pouco, não foi superada pela reprise de “Bela, a Feia” (2009); entre 15 e 15h56, a novela obteve 7,2 pontos, 13 de pico e 16% de share frente 6 do terceiro colocado.

A ampliação do “Cidade Alerta” implicou na redução do repeteco de “Caminhos do Coração” (2007), que acabou assegurando a vice: 6 pontos, 8 de pico e 13% de share contra 5,6 do SBT, entre 15h56 e 16h33. O destaque da faixa vespertina foi “A Hora da Venenosa”, que, das 14h13 às 15h, garantiu 12 pontos e 26% de share ante 9 da “Sessão da Tarde”, na Globo. Em seu horário completo, 12h às 15h, o “Balanço Geral SP” amealhou 9,8 pontos, 12 de pico e 23% de share x 7 do SBT.

O jornalístico de Reinaldo Gottino recebeu em alta do “Hoje em Dia”. A revista eletrônica cravou 6,3 pontos, 7 de pico e 19% de share, entre 10h01 e 11h59, versus 4,9 do principal concorrente. No horário nobre, “Jezabel” atingiu apenas 6,6 pontos, 8 de pico e 9% de share, das 20h45 às 21h41; perdeu para o SBT, assim como o “Power Couple Brasil” – 7,1 pontos, 10 de pico e 13% de share com a eliminação de Eliéser Ambrósio e Kamilla Machado, das 22h42 à 0h15.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox