Record ignora Igreja Universal e exibe comercial para o público trans pela 1ª vez

Record
Record exibe propaganda de lingerie para mulheres trans (Imagem: Reprodução / Record)

Em seu 70º ano, a Record fez algo inédito em sua história. A direção do canal, formada por profissionais da área e por bispos da Igreja Universal, acertou a exibição de uma propaganda para o público LGBTQIA+.

A emissora do bispo Edir Macedo, líder da IURD, acertou um contrato com a marca Trucss, responsável pela produção de peças íntimas para mulheres trans. A primeira publicidade foi veiculada na segunda-feira (24), no intervalo do Fala Brasil.

Marca tira alto valor do bolso para parceria com a Record

Quem acompanhou o intervalo do telejornal matinal assistiu o trabalho de 30 segundos protagonizado pela modelo Melina Queiroz, de 22 anos. A jovem dança ao som de um instrumental e exibe detalhes das peças íntimas da marca, que segundo a tabela de preços do canal desembolsou R$ 158 mil.

A parceria foi alvo de muita celebração dentro da Record, de acordo com as informações do Notícias da TV, principalmente pela ajuda que o momento dá na imagem da empresa de comunicação, alvo de críticas pelo seu comportamento extremamente conservador.

Não houve muita resistência na negociação entre os diretores e a área comercial. Todos  levaram em consideração o lado positivo do contrato com a marca e mais campanhas entraram em produção para exibição nos próximos dias.

Silvana Bento, dona da marca Trucss, ainda de acordo com a reportagem, não esconde o seu entusiasmo pela conquista para a comunidade LGBTQIA+.

Para a empresária, conseguir um acordo com uma rede nacional de televisão, especialmente em um canal conservador, trata-se de uma quebra de paradigmas.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].