Record pega leve com pandemia e RedeTV! “faz a sonsa” em apoio a Bolsonaro

Record
Telejornais de Record e RedeTV! destoam da cobertura da pandemia (Imagem: Reprodução – Record – RedeTV! / Montagem – RD1)

Enquanto Globo, Band e até o SBT abriram espaço em seus principais telejornais para críticas contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tentou maquiar os números sobre os dados diários do novo coronavírus no país, Record e RedeTV! foram para o lado oposto. Enquanto uma falou pouco, outra não disse absolutamente nada.

A Globo, principal crítica da postura do governo durante a pandemia, não poupou críticas sobre o que Renata Vasconcellos definiu como “dificuldades adicionais ao cidadão brasileiro” provocadas pela mudança imposta pelo “capitão”. O Jornal Nacional deu destaque para o consórcio feito por O Globo, G1, Extra, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e UOL.

Mais cedo na Band, o âncora Eduardo Oinegue alfinetou a atual situação. “O presidente já criticou o IBGE, quando os dados de desemprego não apontavam para onde ele queria. Ele implicou com o INPE quando pegou fogo na Amazônia. E agora decidiu brigar de novo com as estatísticas no caso da covid-19. Quebrar o termômetro não adianta, porque o desemprego, o fogo e o vírus não dão a mínima para os números oficiais”, disparou no Jornal da Band.

Veja Também

No SBT, declarada apoiadora do atual governo, o SBT Brasil reclamou pela voz de Marcelo Torres: “A OMS pede transparência sobre os dados da pandemia no Brasil”. As falas do presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP) e do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), além de uma iniciativa de integrantes da Rede no STF contra a decisão do Ministério da Saúde foram notícias no telejornal.

A Record, principal apoiadora e chamada de assessora de imprensa de Bolsonaro, só falou sobre o assunto que pautou o país na última segunda-feira (8), 41 minutos depois do início do Jornal da Record e muito rapidamente. Adriana Araújo falou em “confusão com os números” e a repórter Livia Veiga leu uma nota do governo: “O ministério informou que está trabalhando para melhorar os meios de divulgação dos dados da pandemia, com números mais precisos. E que uma nova plataforma vai ser lançada ainda esta semana”.

Cega, surda e muda, a RedeTV! iniciou o RedeTV News com informações sobre a reabertura do comércio nas principais capitais do país. Mariana Godoy e Mauro Tagliaferri fingiram demência, por culpa da postura do jornalismo da casa, sobre a nova aposta do governo na divulgação dos números.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›