Record provoca a Globo e sugere que concorrente vive crise de audiência

Record
Record diz que Globo vive crise de audiência e apela para dados deturpados (Imagem: Reprodução / Record)

A Record surpreendeu os jornalistas responsáveis pela cobertura da audiência diária da TV com um comunicado um tanto quanto longe da realidade. Segundo a assessoria de imprensa, o canal conquistou “a melhor quinta-feira” da sua história e alfinetou a Globo.

Mais do que uma comemoração pelo feito supostamente inédito, a TV do bispo Edir Macedo sugeriu uma crise de audiência no canal da família Marinho. No final da tarde de ontem (25), a comunicação da emissora alardeou: “A Record teve a melhor quinta-feira na história em audiência, com a menor diferença em relação à primeira colocada”.

Na quinta-feira, das 7h à meia-noite, o canal registrou 7,7 pontos de média, contra 11,9 pontos da Globo, uma diferença de 4,2 pontos. Essa diferença, no entanto, foi mais apertada em outras ocasiões.

“Além de ter sido a melhor quinta-feira na história da emissora, foi o dia com a menor diferença para a primeira colocada em oito anos”, divulgou o canal, que completou:

“A última vez em que a variação foi de apenas 4,2 pontos aconteceu em 11 de agosto de 2013, quando a Record TV ficou com 7,9 pontos de média e a concorrente com 12,2 pontos de média”.

Em 23 de março de 2014, 4,1 pontos separaram o canal da líder de audiência entre 6h e meia-noite. Na época, a Globo exibia o Divertics, um dos maiores fracassos da história do seu humor, nas tardes de domingo. No dia, a Record estreou o Domingo Show com Geraldo Luís, marcado por uma entrevista com Gil Gomes.

Em relação a diferença na média-dia, ela tende a ser menor já que contabiliza menos uma hora de programas religiosos da Igreja Universal.

Com relação “a melhor quinta-feira da história”, a Record esqueceu que no dia 17 de junho, uma semana antes, obteve 7,8 pontos na média-dia. Mais longe, em 21 de março de 2019, também uma quinta-feira, na cobertura da prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB), o canal conquistou 9,8 pontos na mesma faixa de horário. Na cobertura do velório de Gugu Liberato (1959-2019), dia 28 de novembro, o jornalismo deu à TV média de 11,1 pontos.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›