Record vai disputar direitos da Libertadores com Globo e SBT

Record
Record quer transmitir a Libertadores a partir de 2023 (Imagem: Divulgação / Record)

A Record entrou na briga pelos direitos de transmissão da Libertadores. Depois de meses de notícias colocando apenas Globo e SBT no páreo pelo campeonato, a rede de TV do bispo Edir Macedo entrou na lista dos interessados da Conmebol pela competição.

Algumas reuniões foram feitas antes de março, mês reservado para o envio das propostas financeiras e, segundo informações do Notícias da TV, Globo, Record, SBT, Disney, WarnerMedia, Amazon, Claro e Sky estarão na luta pela Libertadores.

A Conmebol fechou com a FC Diez Media para a ponte com as emissoras de TV e empresas de comunicação interessadas no torneio mais importante entre times da América Latina para os anos de 2023, 2024, 2025 e 2026.

Veja Também

A entidade também pediu um tratamento especial para a comercialização da Copa Sul-Americana, que saiu da TV aberta em 2020, quando era transmitida pela RedeTV!, e não voltou mais.

Record vai jogar dinheiro na mesa pelo campeonato

O canal vice-líder de audiência no país se mostrou interessado pelo futebol desde que viu a oportunidade pelos campeonatos estaduais.

Depois que assinou com a Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) pelo Campeonato Carioca, a TV foi além e conseguiu um acordo com a FPF (Federação Paulista de Futebol) pelo Paulistão.

Com uma nova audiência e retorno comercial garantido, a Record entrou no páreo pela Libertadores com um montante de dinheiro disponível, principalmente pelo aporte financeiro proporcionado pela Igreja Universal.

Silêncio de Record, SBT e Globo

Oficialmente, nenhum canal de TV, como Globo, Record e SBT, ou produtora, como Disney e WarnerMedia, se pronunciaram sobre o assunto.

A Globo, por meio dos seus executivos, mostrou interesse pela volta do campeonato ao seu catálogo esportivo, mas por um preço justo.

O SBT, entenda-se Silvio Santos, nunca entrou em uma briga de tal porte, mesmo quando adquiriu a Copa Libertadores, em 2020, a situação foi atípica, sem concorrência da Globo ou de qualquer concorrente da TV aberta.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›