Regina Duarte vai aceitar convite de Jair Bolsonaro

Regina Duarte
Jair Bolsonaro quer Regina Duarte na Secretaria de Cultura (Imagem: Reprodução / Instagram)

Após muito pensar desde quando foi procurada, na última sexta-feira (17), Regina Duarte vai dizer sim a Jair Bolsonaro no encontro de logo mais no Rio de Janeiro.

A atriz vai fazer seu pronunciamento agradecendo o convite do presidente da República e dizer que sua missão vai ser desenvolver a Cultura no país. Ela espera contar com toda a colaboração da categoria.

A missão será difícil. Os artistas de esquerda, liderados por José de Abreu, vão fazer protestos contra ela.

Mas a aceitação de Regina Duarte passou pelo endosso da família Marinho. Os donos da Globo querem encontrar um caminho de boa relação com o Governo Federal e Regina pode ajudar na empreitada.

Com o sim a Bolsonaro, Duarte abrirá mão do seu salário de R$ 60 mil na Globo (R$ 120 mil quando está no ar) e passará a receber R$ 16 mil como secretária de Cultura. A secretaria continuará subordinada ao Ministério do Turismo.

Protestos contra Regina Duarte

Um grupo de artistas da Globo, liderado por José de Abreu, prepara uma manifestação contra a posse de Regina Duarte na Cultura.

Regina quer que Jair Bolsonaro transforme a Secretaria de Cultura em Ministério, como já foi em priscas eras.

Duarte sabe da movimentação contra ela e comenta que não precisa de ninguém da Globo para fazer seu trabalho. Mas Regina tem dois grandes apoiadores na área. Um é Carlos Vereza e outro Juca de Oliveira.

Juca que, em entrevista recente à Jovem Pan, declarou-se contra a Lei Rouanet. E que tal lei acabou com o teatro de agora.

CONTINUE LENDO →

Tiago Mind é um famoso e icônico crítico e profissional de TV. Mantém sua identidade oculta para preservar fontes.

*Suas opiniões não refletem, necessariamente, a posição do RD1.

ALERTAS GRATUITOS