Renata Vasconcellos chora no JN após matéria sobre vacinas no país

Renata Vasconcellos
Renata Vasconcellos chora após matéria sobre vacinas no JN (Imagem: Reprodução / Globo)

Renata Vasconcellos não segurou a emoção durante uma reportagem no JN na edição da última sexta-feira (26). O principal telejornal do país fez um balanço sobre o primeiro ano da pandemia no Brasil. Quando a matéria mostrou profissionais da saúde aos prantos após serem vacinados, a âncora chorou.

O primeiro paciente chegou no dia 24 de fevereiro do ano passado no hospital Albert Eintein, em São Paulo. Renata foi quem deu a notícia naquele dia. O jornal apresentou mais de cinco minutos de matéria, com a crise sanitária durante todo o ano passado, a luta dos médicos nos hospitais até a chegada da vacina.

A Globo mostrou no final da reportagem o grupo de profissionais de saúde que foi escolhido para tomar a primeira dose da vacina. A comemoração, o choro e as palmas em meio ao clima de esperança emocionaram Renata Vasconcellos.

Na volta ao estúdio, a colega de bancada de William Bonner continuou o roteiro do JN com os olhos cheio de lágrimas. “A relação entre equipe médica e paciente ganhou um novo sentido, como mostra o repórter Pedro Bassan”, anunciou ela visivelmente emocionada.

Em um ano de pandemia, o país registrou mais de 250 mil mortes e mais de 10 milhões de infectados. O JN foi fundamental na transparência da informação nos últimos 365 dias não só cercados pela ciência, mas também pelo negacionismo e crise política instaurada e propagada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Confira a repercussão na web:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›