Repleto de vilões e mocinhos, BBB 2020 já é a melhor edição da década!

BBB 2020
Mari e Bianca são os alvos principais dos participantes do BBB 2020 (Imagem: Divulgação / Globo)

Depois de algumas temporadas decepcionantes, Boninho voltou a colocar a mão no Big Brother Brasil e está conseguindo fazer da 20ª edição a melhor dos últimos 10 anos. Recheados de vilões e mocinhos, o principal reality show do país voltou a adotar uma narrativa folhetinesca para o BBB 2020 que desperta paixões e repulsas entre os telespectadores.

O elenco dos chamados “machos escrotos” foi escolhido a dedo pela equipe e, apesar das críticas, é justamente ele que está movimentando o jogo. Parece que Boninho tenta repetir a fórmula das duas temporadas de maior sucesso até hoje: o BBB5, que consagrou Jean Wyllys, e o BBB7, que fez de Diego Alemão o “namoradinho” do Brasil na época.

O plano “mirabolante” de Hadson e companhia para seduzir as digitais influencers casadas Mari e Bianca (Boca Rosa) deve render conteúdo até o fim da temporada. Seria ele a mistura dos inesquecíveis Doutor Gê (BBB5) e do Alberto Cowboy (BBB7)?

Aqui fora, o programa também rende “buzz” com a repercussão negativa das atitudes dos participantes. Já aparecem no noticiário polêmicas que vão de uma suposta acusação de assédio sexual até normatização da zoofilia. O debate em torno desses temas, apesar dos pesares, promove publicidade gratuita para a atração e atiça a curiosidade de quem não estava acompanhando.

Alguns jogadores também começam a despontar como favoritos: Marcela agrada a ala feminista e rende memes; Pyong é o queridinho dos kpopers; Bianca e Manu Gavassi também mantêm um fandom ativo. Outros nomes também dão indícios de que podem surpreender, a exemplo de Thelma, Gizelly, Rafa, Gabi e Babu.

O BBB 2020 prova que o formato ainda tem fôlego e deve continuar sendo o carro-chefe da programação de verão da Globo nos próximos anos.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Henrique Brinco
Henrique Brinco é baiano, formado em Comunicação Social pela Unijorge, de Salvador. Atua no jornalismo desde 2008, passando pelas editorias de política, cidades, cultura e entretenimento em diversos portais de notícias, locais e nacionais. É colaborador do RD1 desde 2012, onde já foi responsável pela editoria de Famosos e autor da coluna Por Trás da Mídia. É fã número 1 de reality shows. Fala besteira no Twitter (@brinco) o dia todo também!
Veja mais ›