Globo
Repórter da Globo, Flávia Cintra enfrenta uma maratona por falta de acessibilidade em São Paulo (Imagem: Reprodução / Globo)

O “Bom dia São Paulo”, da Globo, desta terça-feira (16) discutiu sobre a acessibilidade de cadeirantes no transporte público e nas ruas da capital. O que se viu, ao vivo, foi um descaso total. A repórter Flávia Cintra, cadeirante, não conseguiu terminar a reportagem por conta da falta de estrutura.

Gloria Vanique esteve no comando da atração desta manhã e, ao lado de Sabina Simonato, acompanhou pelo telão as dificuldades da jornalista nas ruas de São Paulo. Flávia esteve na região da Vila Matilde, zona leste da cidade, desde o início da manhã na tentativa de entrar em um ônibus com destino a Zona Cerealista.

A repórter escolheu a linha considerada mais inacessível do transporte público da cidade administrada por Bruno Covas (PSDB). O telejornal tem duas horas de duração e, uma hora após o início da reportagem, Flávia Cintra ainda estava no mesmo local aguardando. Cabe ressaltar que a jornalista deu prioridade para uma mãe e uma criança cadeirante.

Enquanto conversava com Glória e Sabina, um ônibus chegou. A repórter perguntou para o motorista se poderia embarcar, mas o condutor avisou que o veículo estava cheio e recomendou que ela esperasse o próximo.

As apresentadores do matinal, então, ficaram indignadas com a situação. Uma hora e doze minutos depois, um motorista parou e Flávia conseguiu embarcar, mas com muitas dificuldades por causa do chão irregular.

Dentro do veículo, Flávia Cintra desabafou sobre o descaso e a aparente má-vontade dos motoristas. Muitos alegam que o elevador está quebrado e pedem para que os cadeirantes aguardem o próximo veículo. “Não é nada fácil”, desabafou.

No final do telejornal, Flávia não conseguiu completar o trabalho. A calçada por onde a jornalista seguia estava esburacada e com degrau.

A repórter pediu desculpas, mas Gloria afirmou que ela não tinha o que se desculpar e detonou a acessibilidade da cidade de São Paulo: “Você está mais que desculpada, Flávia! O que a gente não desculpa é a condição dessa cidade, que é super inacessível para as pessoas cadeirantes”.

Globo contrata repórter da TV Gazeta e reforça o “Bom Dia São Paulo”

Globo contratou a jornalista Tássia Sena, um dos novos nomes do Jornalismo da TV aberta em São Paulo. Tássia era contratada da TV Gazeta antes do convite da emissora líder de audiência.

Tássia Sena entrou na nova casa com a sua primeira missão: a apresentadora fará parte da equipe de repórteres do “Bom Dia São Paulo”, comandado por Rodrigo Bocardi. A estreia ocorreu no dia 1º de julho.

Na TV Gazeta, Sena foi responsável pela previsão do tempo, foi repórter e âncora do “Gazeta News”. A profissional saiu oficialmente da TV Gazeta na última quarta-feira (26). A informação é do jornalista Fernando Oliveira, da Jovem Pan.

O departamento de Jornalismo da TV paulista tem como foco a busca por um novo nome para substituí-la. A jornalista entra no telejornal local em uma de suas melhores fases. A atração se tornou uma das maiores audiências da Globo na faixa matinal.

Frequentemente, o “Bom Dia SP” tem superado a audiência dos programas de Ana Maria Braga e Fátima Bernardes e até mesmo do recordista do top do ranking das audiências da Globo nas manhãs, o “Bom Dia Brasil”, comandado por Chico Pinheiro e Ana Paula Araújo.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!