Repórter da CNN ouve conversa comprometedora entre ministro de Bolsonaro e deputado

CNN
Governo Bolsonaro é alvo de revelação comprometedora da CNN (Imagem: Reprodução / CNN Brasil)

A CNN Brasil revelou durante o CNN 360º, de Daniela Lima e Reinaldo Gottino, uma conversa comprometedora entre o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS). O repórter Caio Junqueira ligou para o parlamentar e, sem querer, ouviu desabafos dos integrantes do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra o atual ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Às 8h33, em nome da CNN, Caio ligou para o político, que atendeu o telefonema e esqueceu de desligar após a conversa. Isso deu brecha para que o contratado do novo canal de notícias ouvisse um diálogo que durou quase 15 minutos.

No início da conversa, Osmar Terra defendeu uma mudança drástica na política do governo. “Tem que ter uma política que substitua a política de quarentena”, opinou. Onyx, por sua vez, disse que não falava com Mandetta há dois meses e que se estivesse no lugar do presidente, teria demitido o ministro.

“Eu acho que esse contraponto que tu tá fazendo…”, começou Onyx, sendo interrompido. “É complicado mexer no governo por que ele tá…”, completou Terra. “Ele [Mandetta] não tem compromisso com nada que o Bolsonaro está fazendo”, declarou Lorenzoni. “E ele (Mandetta) se acha”, falou o deputado.

Para o ministro da Cidadania, Bolsonaro “deveria ter arcado” com as consequências da demissão do responsável pela pasta da Saúde. “O ideal era o Mandetta se adaptar ao discurso do Bolsonaro”, ponderou o emedebista. Onyx desabafou: “Uma coisa como o discurso da quarentena permite tudo. Se eu estivesse na cadeira [de Bolsonaro]… O que aconteceu na reunião eu não teria segurado, eu teria cortado a cabeça dele…”.

Osmar Terra não especificou, mas lembrou uma fala de Mandetta em um dos seus discursos. “Você viu a fala dele depois?”. “Ali para mim foi a pá de cal. Eu já não falo com ele (Mandetta) há dois meses. Aí acho que é xadrez. Se ele sai vai acabar indo para a secretaria do Doria [João Doria, governador de São Paulo]”, analisou o democrata. “Eu ajudo, Onyx. E não precisa ser eu o ministro, tem mais gente que pode ser”, reagiu o deputado.

Procurado pela CNN Brasil, Osmar Terra declarou que não iria comentar sobre a conversa, pois se tratava de uma discussão privada. Onyx Lorenzoni não se manifestou.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox