Repórter da Globo chora ao noticiar caso de criança espancada pela mãe

Luiz Fábio Almeida

04/10/2022

Globo

Nina Barbosa se emocionou com reportagem ao vivo (Imagem: Reprodução / Globo)

Nina Barbosa, da TV Tribuna, afiliada da Globo na Baixada Santista e no Vale do Ribeira, não conseguiu segurar a emoção em telejornal ao vivo, nesta terça-feira (4). A jornalista chegou a chorar durante uma participação no Jornal da Tribuna 1ª Edição.

Tudo aconteceu quando a repórter começou a dar informações sobre o caso do menino de 4 anos que teve oito costelas e um braço fraturados. A criança foi espancada pela mãe e pelo padrasto.

Em uma gravação, a mãe do menino ressaltou que agradeceu o menino por ele estar fazendo “muita bagunça” dentro de casa. Por causa do espancamento, a criança está internada em hospital.

A repórter, então, se emocionou e disse que, assim que soube da história, começou a embargar a voz. “A gente foi no Conselho Tutelar entender a história e, na hora da entrevista, a conselheira também já havia se emocionado”, explicou.

Ela ainda relatou: “Eles foram mostrando vídeos, inclusive da criança se recuperando, e eu fiquei com isso na minha cabeça”.

Ao vivo, a jornalista da Globo precisou ser consolada pela apresentadora Janaina Hohne. “Bateram nele até usando madeira. No vivo, enquanto eu relembrava o caso, fui vendo a imagem e aquilo acabou comigo. A cena veio na minha cabeça e não deu para segurar”, disparou Nina.

Repórter da Globo emocionada

A jornalista explicou que o menino precisou passar menos tempo com o pai, que teria perdido a esposa. Após as agressões, o padrasto teria levado à criança à casa dos próprios pais, que levaram a criança para o hospital.

“Segundo declarações de parentes, o padrasto levou a criança, enrolada em um lençol, para os pais dele e disse: ‘fica com esse menino que ele não tá bem’. Quando os pais do padrasto desenrolaram o lençol, viram a criança…”, disparou Nina, emocionada.

A repórter da Globo se desculpou com o público do noticiário e disse que a criança estava muito machucada e com sangue saindo do ouvido.

“A gente compreende, Nina, seu estado, porque é uma situação muito difícil mesmo. É uma situação muito difícil até de narrar, como você está narrando. A gente se coloca no lugar dessa pessoa, dessa criança”, disparou Janaina, no estúdio do telejornal.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio Almeida
Escrito por

Luiz Fábio Almeida

Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É editor-chefe e colunista do RD1, onde escreve sobre TV, Audiências da TV e Streaming. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]