Repórter da Globo se comove com jovem tatuada pelo ex e promete atitude

Globo
Sônia Bridi tomou atitude surpreendente com mulher tatuada por ex (Imagem: Reprodução / Globo)

Sônia Bridi usou o seu perfil do Twitter, nesta quarta-feira (25), para desabafar a respeito do caso de uma jovem de 18 anos que foi tatuada contra a sua vontade pelo ex-namorado. A jornalista da Globo, então, ofereceu para pagar a remoção da tatuagem.

O caso chamou a atenção dos brasileiros e repercutiu nas redes sociais. Acusado de violência doméstica, o rapaz tatuou o próprio nome do rosto da jovem. Ao Cidade Alerta, da Record, a jovem disse que gostaria de retirar o desenho que agora está exposto em sua cara.

“É a única coisa que eu quero, tirar isso de mim. E nunca mais ouvir falar o nome dele”, declarou a vítima.

Veja Também

Um seguidor, então, marcou a repórter da Globo em uma publicação sobre o caso e pediu que ela ajudasse. “Não tenho o contato. Mas ajudo a pagar a remoção. E advogado para ajudar na acusação, se for preciso”, prometeu Sônia Bridi.

Repórter da Globo já ajudou Rafael Cardoso, seu genro

No ano passado, Rafael Cardoso abriu o coração ao lembrar do susto que passou recentemente. Ele descobriu a miocardiopatia hipertrófica, uma doença que pode causar morte súbita. A descoberta foi feita quando o ator testou positivo para a covid-19.

“Eu já sabia da doença, mas desde a época que eu jogava futebol. Mas eu não sabia da gravidade e que estava evoluindo. Eu estava com uma fibrose de 14%. Nesse exame pós-covid. Eu tive a oportunidade de saber disso e poder fazer a cirurgia, que é um seguro de vida”.

O artista da Globo seguiu: “Eu instalei esse CDI, que tem marca-passo e o desfibrilador, que está aqui para se acontecer algo. Eu coloquei para não usar. Vou ficar 70 anos sem usar, só trocando a bateria. É uma oportunidade de se precaver”.

Em seguida, Rafael Cardoso foi surpreendido com um recado de Sônia Bridi, sua sogra. No vídeo, a jornalista contou que ficou apreensiva ao saber do diagnóstico do genro e que temeu por sua morte.

“Tomei um susto. Passei algumas noites sem dormir, preocupada. Quando o Rafa recebeu o diagnóstico eu estava com ele. A ideia de que ele podia morrer a qualquer hora é muito grave. A gente vê que isso acontece com mais frequência do que a gente imagina. Até ele fazer a cirurgia foi uma preocupação muito grande”, desabafou.

Após o depoimento, o famoso chegou a chorar e revelou que a sogra foi a responsável para que ele se cuidasse e conseguisse descobrir detalhes da doença.

“Ela foi a responsável por eu ir atrás de me cuidar. Ficou pegando no meu pé, porque geralmente a gente fica em negação, dizendo que está tudo certo, está com saúde. Foi ela que fez o papel de mãe, porque eu perdi a minha mãe, porque eu perdi a minha mãe com 11 anos de idade, puxou a minha orelha, me levou para fazer o exame. Obrigado, Sônia, pela mãe e pela sogra que você é. Muito amor por essa vovó linda que você é”, declarou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br
Veja mais ›