Retomada de capítulos inéditos faz Salve-se Quem Puder bater Império

Salve-se Quem Puder
Deborah Secco (Alexia) em Salve-se Quem Puder; Alexandre Nero (José Alfredo) em Império: inédita das 19h bate reprise das 21h na audiência (Imagens: Reprodução / Globo)

A retomada dos capítulos inéditos de Salve-se Quem Puder colocou a novela das 19h na cola de Império (2014), em reprise às 21h, no quesito audiência. Aliás, o insucesso da trama da Globo beneficiou a reapresentação de Topíssima (2019), na Record. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

Entre 17 e 22 de maio, Salve-se Quem Puder atingiu 26,5 pontos. No mesmo período, 26,5 também para Império – com ligeira vantagem nos décimos, 26,52 x 26,45. Na semana anterior (10 a 16), ‘Salve-se’ anotou 25,6 de média. Já Império amealhou os mesmos 26,5.

As primeiras emoções da segunda fase do folhetim das 19h ficaram por conta das descobertas de Alexia (Deborah Secco), Kyra (Vitória Strada) e Luna (Juliana Paiva) sobre Dominique (Guilhermina Guinle), As três conseguiram acesso a documentos que certificam os crimes da vilã; Kyra, porém, perdeu o pen-drive com as informações.

Já Império focalizou o romance de José Alfredo (Alexandre Nero) e Maria Isis (Marina Ruy Barbosa). Maria Marta (Lilia Cabral) descobriu a identidade da amante do marido. Já João Lucas (Daniel Rocha) buscou se aproximar de Isis, entrando em atrito com o pai. Ainda, a desavença entre Cláudio Bolgari (José Mayer) e Téo Pereira (Paulo Betti).

Concorrente da produção global das 21h, Topíssima saltou de 7,8 pontos, entre 10 e 16 de maio, para 8,3 de média, de 17 a 22. Gênesis, que antecede a reexibição, foi de 12,2 para 12,7. Na faixa vespertina, a primeira semana de Prova de Amor (2005) alcançou 5,2 pontos, enquanto Belaventura (2017) caiu de 4,3 para 4,1.

As Novelas da Tarde do SBT também perderam audiência. Triunfo do Amor, com 7,1 entre 10 e 14 de maio, desceu para 6,6 de média, de 17 a 21. Amores Verdadeiros foi de 7,4 para 6,8. No horário nobre, Chiquititas (2013), com 6,2 na semana anterior, ficou com 6,1.

Voltando à Globo, Tititi (2010) passou pela terceira semana de elevação: dos 14,4 de média, entre 3 e 7 de maio, para 14,6. Já Malhação – Sonhos (2014) foi de 16,4 para 16. A Vida da Gente foi outra que oscilou para baixo, de 20,5 para 20.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›