Saiba quanto Pelé ganhava como jogador e compare com Neymar, Messi e CR7

Pelé
Saiba quanto ganharia Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, e veja a comparação com valores de Neymar e Mbappé (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, ganhou milhões como jogador de futebol? Um levantamento inédito mostrou que o eterno rei do futebol, dono de 1.282 gols, três Copas do Mundo e o maior astro do esporte, não chegou perto dos valores dados a nomes como Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar.

Pelé iniciou sua carreira profissional no Santos, em 1956, e deixou o clube 18 anos depois, em 1974. No ano seguinte, em 1975, migrou para o New York Cosmos, dos Estados Unidos, onde atuou até 1977.

Em 1961, jornais relataram que Pelé faturava Cr$ 2 milhões, baseado em informações de especialistas, algo em torno de R$ 70 mil em valores atuais. No auge da carreira, a informação era que o salário do brasileiro variava em até R$ 100 mil, convertido para os dias de hoje.

Em 1975, o astro do futebol assinou um contrato de US$ 2,5 milhões por ano, em valores atuais e com base na inflação histórica dos Estados Unidos, valores equivalentes a US$ 10,9 milhões ou R$ 25,5 milhões pelo câmbio atual.

Eterno rei do futebol, Pelé teria salários maiores que Messi, Neymar e Mbappé

Segundo a revista Forbes, Pelé, caso jogasse na Europa, receberia algo próximo de 223 milhões de dólares por ano, aproximadamente R$ 1,2 bilhão. O valor da multa seria de pelo menos 300 milhões de dólares.

Pelé estaria à frente de Kylian Mbappé (US$ 128 milhões), Lionel Messi (US$ 120 milhões), Cristiano Ronaldo (US$ 100 milhões), Neymar (US$ 87 milhões), Mohamed Salah (US$ 53 milhões), Erling Haaland (US$ 39 milhões), Robert Lewandowski (US$ 35 milhões), Eden Hazard (US$ 31 milhões), Andrés Iniesta (US$ 30 milhões) e Kevin De Bruyne (US$ 28 milhões).

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].