Salve-se Quem Puder chega ao fim com média satisfatória para às 19h

Salve-se Quem Puder
Juliana Paiva (Luna), Deborah Secco (Alexia) e Vitória Strada (Kyra) em Salve-se Quem Puder; novela chega ao fim com audiência satisfatória (Imagem: Reprodução / Globo)

Após 54 capítulos, a pausa imposta pela pandemia de Covid-19, a volta ao vídeo com resumo da “primeira temporada” e mais 53 episódios, Salve-se Quem Puder chegou ao fim na última sexta-feira (16) fazendo jus à faixa das 19h na Globo. A novela de Daniel Ortiz consolidou um dos melhores índices da faixa nos últimos anos, de acordo com dados de audiência aferidos na Grande São Paulo.

Salve-se Quem Puder acumulou 27,2 pontos de média final, acima de 12 títulos exibidos na última década e da reprise de Haja Coração, que antecedeu a fase final (25,2). São eles: Verão 90 (26,1), Rock Story (25,9), Deus Salve o Rei (25,6), Aquele Beijo (25), Sangue Bom (24,6), O Tempo Não Para (24), Tempos Modernos (24), I Love Paraisópolis (23,5), Guerra dos Sexos (22,8), Alto Astral (22,1), Além do Horizonte (19,7) e Geração Brasil (19,5).

Acima de ‘Salve-se’ ficaram Cheias de Charme (30,1), Morde & Assopra (30), Tititi (29,6), Bom Sucesso (28,9), Pega Pega (28,8), Haja Coração (27,5) e as duas apresentações de Totalmente Demais, a original (27,4) e a edição especial (29,5).

Cabe salientar que a média final de Salve-se Quem Puder exclui os números do compacto da primeira temporada, no ar de 22 de março a 15 de maio. Os 48 episódios da reexibição atingiram 25,1 de média.

O último capítulo, veiculado na sexta, alcançou 29,1 pontos, 32,1 de pico e 44,2% de participação no número de televisores ligados (share), das 19h29 às 20h27. O recorde do folhetim ficou por conta dos 33,6 anotados em 17 de março do ano passado. A média da última semana, 12 a 17 de julho, foi de 29 pontos – acima dos 25,9 obtidos na semana anterior (5 a 10 de julho); abaixo do recorde de 31,8 amealhado entre 16 e 21 de março de 2020.

Tititi (2010) também cresceu na semana passada, levando o Vale a Pena Ver de Novo dos 12,6 de média para 12,8. Malhação – Sonhos (2014) foi de 14,2 para 15,1 pontos. A Vida da Gente (2011), que se aproxima da reta final, saltou de 18,5 para 19,1. Império (2014), escalada pela emissora para às 21h, oscilou positivamente de 25,2 para 26,6 de média.

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›