Samara Felippo posta foto de calcinha branca e mostra tatuagem íntima

Samara Felippo
Samara Felippo causou ao publicar foto ousada (Imagem: Reprodução / Instagram)

Após revelar que sofreu com depressão pós-parto, Samara Felippo postou em seu perfil no Instagram uma foto ousada, usando uma camiseta preta na parte de cima e apenas uma calcinha de cor branca na parte de baixo, com um desabafo sobre o ocorrido.

Na imagem, a famosa ainda deixou escapar parte de sua tatuagem íntima, arrancando elogios dos seguidores. Na legenda, escreveu um poema que fala sobre ser mãe: “É treta. É mágico. É transcendental. É caótico. É exaustivo. É apavorante. É sublime”.

“É egocêntrico. É altruísta. É doido. É decisivo. É escolha. É responsabilidade. É amoroso. É maravilhoso. É aconchegante. É autoconhecimento. É cura. É poder. É parceria. É solitário. E posso explicar cada sentimento. Um por um. Minuciosamente”, prosseguiu.

“E olha que falo de um lugar de mãe branca privilegiada e até os 11 anos de maternidade. E cada ano que passa, sinto que é tipo um vídeo game, cada fase que passa é mais difícil. Super romântico comparar maternidade a um game!”, declarou.

“Chega de falar da maternidade lado A. Do enxoval perfeito. Da amamentação perfeita. Da Família tradicional” perfeita. Da mãe perfeita. Do filho perfeito. Somos plurais. Em cada uma dói de um jeito, em num lugar”, pediu.

“Feliz dia dos pais pra quem encara a paternidade de frente, pra quem sabe o que é dividir a criação de uma criança. Pra você que acha que dar presente, levar na pracinha, pagar pensão ou ser brincalhão é paternidade eu sinto muito”, declarou. “Mas não perco a esperança no seu despertar!!”, finalizou Samara Felippo.

Confira:

View this post on Instagram

É treta. É mágico. É transcendental. É caótico. É exaustivo. É apavorante. É sublime. É egocêntrico. É altruísta. É doido. É decisivo. É escolha. É responsabilidade. É amoroso. É maravilhoso. É aconchegante. É autoconhecimento. É cura. É poder. É parceria. É solitário. E posso explicar cada sentimento. Um por um. Minuciosamente. E olha que falo de um lugar de mãe branca privilegiada e até os 11 anos de maternidade. E cada ano que passa, sinto que é tipo um video game, cada fase que passa é mais difícil. ? Super romântico comparar maternidade a um game!? Chega de falar da maternidade lado A. Do enxoval perfeito. Da amamentação perfeita. Da Família tradicional” perfeita. Da mãe perfeita. Do filho perfeito. Somos plurais. Em cada uma dói de um jeito, em num lugar. ? Feliz dia dos pais pra quem encara a paternidade de frente, pra quem sabe o que é dividir a criação de uma criança. Pra você que acha que dar presente, levar na pracinha, pagar pensão ou ser brincalhão é paternidade eu sinto muito. Mas não perco a esperança no seu despertar!! . . Blusa sincerona da @amulherqueengoliuomundo ❤️

A post shared by Samara Felippo (@sfelippo) on

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com