Sandy revela acompanhamento psicológico desde cedo para lidar com a fama

Sandy
Sandy revelou que iniciou análise aos 18 anos (Imagem: Reprodução / Instagram)

Conhecida pelo público desde muito pequena, Sandy revelou que começou a cuidar do seu psicológico logo no início da fase adulta para conseguir lidar com a fama.

Durante sua participação no canal Seja Seu, que estreou nesta quarta-feira (08), sob o comando de Brunno Rangel e Marcelo Feitosa, a cantora falou sobre seu processo de desenvolvimento pessoal.

“É muito importante e é muito bom. É um caminho sem volta e é um caminho do bem”, disse a artista, que explicou que começou a fazer análise e nunca mais parou.

Comecei com 18 anos. Estava me sentindo muito exposta na mídia e estava precisando de ferramentas para lidar com isso. Porque não é normal, não é fácil. Não dá pra dizer que isso é light, leve, tranquilo. Não é”, frisou.

Com o passar do tempo e das sessões, a irmã de Júnior contou que foi descobrindo maneiras de lidar de forma mais leve com a fama. “E de um tamanho mais correto. E eu ainda estava lidando com coisas da adolescência, paixonites, aquele momento que a gente está crescendo e nossos pais precisam entender isso de um jeito saudável”, lembrou.

No papo, a musa, que é casada com Lucas Lima, revelou que ela e o esposo usam de suas vivências para realizarem criações. “Já teve música minha que fizemos juntos, que nasceu de um poema que fiz pra ele, em um cartão de aniversário de casamento, que foi a música Salto. Temos também uma música em que resolvemos falar deliberadamente sobre nós, talvez a mais autobiográfica, que é Escolho Você”, entregou.

A gente tem personalidades bem diferentes e a gente se ajeita dentro dessas diferenças. Eu falo que somos dois bicudos que se beijam. A gente faz esse encaixe acontecer. Eu e Lucas somos aquário e libra, não é fácil, mas dá”, garantiu.

“A gente é obrigado a aprender todos os dias, senão não encaixa, a gente não se ajeita. A gente já colocou isso em música porquê dá vontade de falar disso. Artista precisa se expressar, até pra fazer esse exercício, que nem terapia mesmo. Música é um processo terapêutico muito importante, principalmente quem compõe“, completou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›