SBT passa vergonha histórica com o Casos de Família; A Praça É Nossa é vice-líder

Casos de Família
Casos de Família vai mal na audiência e complica situação do SBT (Imagem: Reprodução / SBT)

Ao contrário do ditado tradicional, o SBT foi do inferno ao céu por uma diferença de algumas horas na última quinta-feira (7). Com o Casos de Família, no início da tarde, o canal foi muito mal e por pouco não ficou no traço de audiência. À noite, A Praça É Nossa bateu a Record.

No ar das 14h20 às 15h20, o Casos de Família registrou 1,9 ponto de média, 2,4 pontos de pico e 4% de share (número de televisores ligados), ante 10,8 pontos da Globo, 7,6 da Record, 0,8 da Band e 0,5 da RedeTV!.

Silvio Santos se tornou o principal responsável pela baixa audiência do programa. Partiu do patrão a decisão pela mudança no horário do vespertino, o que tirou a atração da faixa dos 4 pontos para os índices atuais.

Veja Também

A audiência cresceu com o Fofocalizando para 3,0 pontos de média, 3,8 pontos de pico e 7% de participação enquanto esteve no ar, das 15h20 às 17h01, contra 8,6 pontos da Globo, 4,6 da Record, 2,4 da RedeTV! e 2,3 da Band.

Longe do Casos de Família, A Praça É Nossa é vice-líder

Após às 23h00, a emissora consolidou a vice-liderança com A Praça É Nossa. Das 23h23 à 0h57, o humorístico arrematou 4,7 pontos de média, 6,1 pontos de pico e 11% de aparelhos ligados, diante de 19,4 pontos da Globo, 2,9 da Record, 0,9 da Band e 0,4 da RedeTV!.

No início da madrugada, o The Noite obteve 3,4 pontos de média, 4,8 pontos de pico e 14% de share, ante 6,4 pontos da Globo, 1,5 da Record, 0,6 da Band e 0,3 da RedeTV!. O talk show foi exibido da 0h57 à 1h53.

Ao longo do dia, o canal de Silvio Santos levou ao ar o Primeiro Impacto (3,0), Notícias Impressionantes (2,6), Henry Danger (1,9), Mar de Amor (3,7), Amanhã É Para Sempre (4,2), Se Nos Deixam (5,2), SBT Brasil (5,7), Poliana Moça (7,4), Carinha de Anjo (7,1), Programa do Ratinho (4,6), Operação Mesquita (2,2), Conexão Repórter (1,5), a reprise do SBT Brasil (1,6) e Primeiro Impacto (2,2).

Os dados são consolidados pelo Ibope na Grande São Paulo.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›