Se Joga tem nova queda e Altas Horas mantém boa audiência na Globo

Se Joga
Se Joga segue caindo na audiência; Altas Horas mantém bons números (Imagem: Reprodução – Globo/ Montagem – RD1)

Em sua terceira semana, o Se Joga mostrou mais uma vez que não tem agradado o público. O programa da Globo apresentou uma nova queda de audiência, segundo os dados aferidos na Grande São Paulo.

No último sábado (20), das 15h17 às 16h, o semanal de Fernanda Gentil garantiu 9,3 pontos, 10,5 de pico e 19,7% de participação no número de televisores ligados (share). Na mesma faixa, 6 para a Record e 3,8 do SBT.

No sábado anterior (13), foram 10,2 de média. Já na primeira semana, o Se Joga teve o seu melhor resultado até aqui: 12,3 pontos. Em uma nova fase, o formato agora é voltado para os bastidores das produções da Globo.

Antes, entre 14h12 e 15h17, Toma Lá, Dá Cá emplacou 10 pontos, 12,4 de pico e 21,7% de share. Depois da atração de Gentil, das 16h às 18h32, o Caldeirão do Huck consolidou 12,9 pontos, 18,5 de pico e 25,6% de share.

Mais tarde, o Altas Horas, que recebeu Babu Santana, Juliana Alves e Os Barões da Pisadinha no palco, garantiu boa audiência para a Globo. Recebendo do BBB 2021, o programa anotou 14,0 de média, 26,3 de pico e 29,2% de share.

Durante todo o dia, o canal fechou na liderança. Pela manhã, Como Será? (4,4), É de Casa (6,9) e SP1 (12,3) saíram na frente. Em seguida, o Globo Esporte (12,5) e Jornal Hoje (12,4) também garantiram bons resultados.

Mais tarde ainda teve A Vida da Gente (19,0), SP2 (22,0), a reprise da “edição especial” de Haja Coração (21,4), Jornal Nacional (25,1), Amor de Mãe (28,1) e o BBB 2021 (27,7). Depois do Altas Horas, Supercine, com o filme Mulheres Alteradas, somou 7,8 pontos. Na sequência, o Boletim Rede BBB (6,3), Corujão 1 (4,7) Corujão 2 (3,7) e Corujão 3 (3,6).

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›