Sérgio Marone se realiza como apresentador e abre o jogo sobre trabalho como ator

Sérgio Marone
Sérgio Marone está apresentando o Mestres da Sabotagem (Imagem: Beatriz Nadler / SBT)

Conhecido por seus diversos trabalhos em novelas, Sérgio Marone agora está se jogando na carreira de apresentador. No entanto, em conversa com a Quem, o ator revelou que não pretende para de atuar.

O famoso, que está comandando o reality culinário Mestres da Sabotagem, no SBT, contou: “Estou muito feliz e com uma emoção muito positiva. É um programa que exige muito da galera toda. É um produto muito lindo e há uma grande sinergia da equipe. É ótimo poder levar alegria para as pessoas em um momento delicado como este que vivemos na pandemia”.

“O formato tem o diferencial de ter game e humor. Com o lance da sabotagem, o programa se torna bem diferente de tudo o que já tem na TV. Não conseguiria participar“, completou ele, que confessou: “Não conseguiria cozinhar nem sem sabotagem, imagine com sabotagem. Seria logo posto de escanteio na competição (risos)”.

Feliz com a experiência, o galã ainda explicou: “Nunca havia apresentado um formato semelhante, mas as experiências que trazia me davam a noção da importância de estar presente, atento, interagir com as pessoas. Como comandante de um programa, a gente tem que estar presente e conectado com tudo o que está ao redor. Não dá para estar com a cabeça em outro lugar“.

O artista ainda contou que participou de outras etapas do programa: “Cheguei duas semanas antes das gravações para ver como tudo funcionava. Participei de todos roteiros. Não na intenção de fiscalizar a equipe e, sim, de aprender todo o processo e os bastidores. O programa está sendo a realização de um sonho. Me senti abraçado pela produção e técnica e está sendo lindo de ver a dedicação de todos na concepção de um formato grandioso como esse. Em tempos delicados como agora, fico muito feliz de levar diversão para dentro da casa de milhões de brasileiros”.

Na sequência, Sérgio Marone ainda explicou como essa mudança de áreas aconteceu na sua carreira: “Quando acabou Apocalipse [novela da Record, encerrada em junho de 2018], avisei à direção da emissora que não tinha interesse em continuar na dramaturgia e meu foco é investir na carreira de comunicador. Gosto de desafios e sou grato pelas oportunidades que já tive como ator”.

“Vou continuar atuando. Tenho o filme Jesus Kid para lançar. Fazer novela é mais complicado. Afinal, novela te deixa um ano sem vida própria. Nesse momento, acho complicado encarar uma novela, mas meu interesse pelo cinema é grande”, revelou ele.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›