Série sobre Eliza Samúdio na Globo deixa Glória Perez irritada

Glória Perez
Vanessa Giácomo pode viver Eliza Samúdio em série; Glória Perez é contra (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Glória Perez usou a sua conta do Twitter para protestar contra a Globo. Funcionária da emissora há décadas, a autora de novelas questionou a decisão do canal em produzir uma série contando a história de Eliza Samúdio, morta pelo ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes.

Na rede social, Glória reagiu indignada a uma publicação que tratava sobre o planejamento do canal carioca em gravar uma produção baseada na história, ocorrida em 2010 em Vespasiano, Minas Gerais.

“Oi????? Só pode ser piada! E de mau gosto!”, tuitou ao compartilhar uma matéria sobre o tema. Vários usuários reagiram de maneira dividida à surpresa de Glória, que até o ano passado atuou como supervisora de autores na Vênus Platinada.

“O goleiro foi preso por conta da Rede Globo, não estou aqui julgando se ele é ou não culpado, mas que existe sim perseguição clara ao Bruno para manter audiência isso é claro e evidente! Perante a lei o mesmo cumpriu sua pena, justo ou não”, afirmou um deles.

“É muito triste ver essa ‘grande’ emissora – em outrora – exaltar nas entrelinhas esse tipo de crime. Infelizmente estamos na época da bandidolatria”, disse outra seguidora. “Contar uma história é algum tipo de problema? Dona Glória das histórias e das novelas mais assistidas do século tem algum problema sobre isso? A senhora depois que virou bosomínia ficou mais chata, viu”, opinou mais um.

Cabe lembrar que decisão do canal é o movimento natural após a compra dos direitos do livro Indefensável – O Goleiro Bruno e História da Morte de Eliza Samúdio, publicado pela editora Record. Segundo a revista Veja, há a possibilidade de que a produção, que não tem roteiro aprovado, seja dirigida por Amora Mautner, a mesma de Assédio, e protagonizada por Vanessa Giácomo.

Glória Perez lembra aniversário de morte da filha Daniela Perez e desabafa

Glória Perez usou suas redes sociais para relembrar a filha, a atriz Daniela Perez, assassinada em 28 de dezembro de 1992, há exatos 27 anos, aos 22 anos. Daniela foi vítima de uma emboscada realizada pelo então colega de trabalho, o ator Guilherme de Pádua, e sua esposa,na época, Paula Thomaz.

No post, a autora da Globo exibiu sua filha dançando em casa, segurando um gato no colo; imagens datadas de 1991, um ano antes de sua trágica morte. Na legenda da postagem, Glória escreveu: “28/12/1992, um dia que não para de doer. Nossa casa já foi assim, só música, dança e alegria“.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.