Sozinha, Globo é mais vista que todos os canais abertos juntos

Globo
Globo consegue superar soma das concorrentes (Imagem: Reprodução / Globo)

Esta semana o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, escreveu algo que deveria ser lido e entendido pelos diretores de TV.

A Globo, sozinha, tem 36% do share (número de televisores ligados) das TVs abertas na faixa das 7h à 0h. Só que todas as outras somadas não chegam a isso. Os dados são referentes ao PNT (Painel Nacional de Televisão)

A saber: SBT (13,62%), Record (13,47%), Band (3,12%), RedeTV! (1,28%), TV Cultura (0,77%), TV Brasil (0,69%), TV Aparecida (0,47%), Rede Vida (0,37%), Record News (0,30%) e TV Gazeta (0,24%). Placar: Globo 35,89% x 34,09%.

Esse é o pior quadro que poderia existir, pois significa que nenhuma outra emissora que não seja a Globo tem projeto de TV.

Mais do que isso, deixa claro que todo dinheiro jogado na Record e SBT não serve sequer para participar do jogo. Ou seja, o país tem uma única TV que tem projeto.

E o projeto da Globo é o mesmo de 1967, quando Boni e Walter Clark criaram a programação do canal. Tem mais, a grade que realmente gera muito dinheiro na Globo é a mesma daquela época.

A TV Tupi fechou, a TV Excelsior fechou e a TV Manchete fechou. E o fechamento das três serviu para alimentar o crescimento e consolidação da Globo.

Tem outro dado importante que o Feltrin revelou que é o fato de que 70% das residências, mesmo tendo TV a cabo, estão ligadas só na TV aberta, o que mostra algo que o Flávio Ricco, também do UOL, escreveu outro dia sobre o futuro da TV aberta. É a TV aberta que comanda as redes sociais e não o inverso.

Peço licença ao Ricardo Feltrin para reproduzir abaixo o que ele escreveu, que é o placar dos canais em todo país. O número da esquerda é a pontuação e o número da direita é o percentual de audiência. Nessa medição cada ponto equivale a cerca de 254 mil domicílios.

Confira:

Globo – 16,05 pontos e 35,89%
SBT – 6,09 pontos e 13,62%
Record – 6,02 pontos e 13,47%
TV Band – 1,39 e 3,12%
RedeTV – 0,57 e 1,28%
TV Cultura – 0,34 e 0,77%
TV Brasil – 0,31 e 0,69%
TV Aparecida – 0,21 e 0,47%
Rede Vida – 0,16 e 0,37%
RecordNews – 0,13 e 0,30%
TV Gazeta – 0,11 e 0,24%
TV Novo Tempo – 0,06 e 0,13%
CNT – 0,05 e 0,11%
RIT – 0,03 e 0,06%
TV Escola – 0,02 e 0,04%
TV Senado – 0,02 e 0,03%
TV Câmara – 0,01 e 0,03%
Futura – 0,01 e 0,02%
TV Justiça – 0,00 e 0,01%


Tiago Mind é um famoso e icônico crítico e profissional de TV. Mantém sua identidade oculta para preservar fontes.

*Suas opiniões não refletem, necessariamente, a posição do RD1.

WordPress Lightbox