Temporada inédita mantém Casos de Família em baixa

Casos de Família
Christina Rocha à frente do Casos de Família desta terça-feira (9); programa do SBT anota baixa audiência (Imagem: Reprodução / SBT)

O Casos de Família não esboçou reação na audiência desde a retomada dos episódios inéditos. Dados obtidos na Grande São Paulo mostram que, nesta terça-feira (9), a atração que Christina Rocha apresenta há anos no SBT amargou a quarta colocação no ranking das emissoras de TV aberta.

Entre 16h30 e 17h26, o Casos de Família rendeu 4,3 pontos, 5 de pico e 8% de participação no número de televisores ligados (share). Com o tema “até as cobras ficam com inveja do veneno da minha irmã!”, o programa ficou atrás do 19,9 da Globo, dos 4,4 da Band e dos 4,3 da Record – com vantagem nos décimos, 4,27 x 4,26.

Quanto ao confronto do SBT com a principal concorrente, cabe destacar que o Casos de Família perdeu para a reprise de Escrava Mãe (2016), que registrou 4,9 para a Record ante 3,8. Também para o JR – 24h, com 4,1 contra 3,8. A atração venceu, porém, o Cidade Alerta: 4,5 x 4.

Mais cedo, o Primeiro Impacto marcou 3,9 pontos, 4,9 de pico e 15,8% de share, das 6h às 10h30, diante de 2,8 da terceira colocada. O bloco matutino do Bom Dia & Cia, entre 10h30 e 11h47, garantiu 4,4 pontos, 5 de pico e 12,9% de share frente 4. A edição vespertina do infantil de Silvia Abravanel fechou em terceiro, com 4,7.

O Fofocalizando com Ana Paula Renault, Chris Flores, Flor Fernandez e Gabriel Cartolano emplacou somente 3,5 versus 5,8 da Record. Triunfo do Amor, exibida após o Casos de Família, também consolidou a quarta posição: 5,6 x 21,5 da Globo, 7,2 da Record e 5,9 da Band.

A terceira colocação foi recobrada pelo novo título das Novelas da Tarde. Amores Verdadeiros conquistou 6,8 pontos, 7,5 de pico e 10,6% de share, das 18h20 às 19h06. Quando me Apaixono bateu 7,6 pontos, 8,4 de pico e 11,3% de share, entre 19h06 e 19h45.

O horário nobre do canal seguiu com 6,6 para o SBT Brasil de Marcelo Torres e Márcia Dantas, 7,4 do Roda a Roda Jequiti com Rebeca Abravanel e 6,2 para a reapresentação de Chiquititas (2013). A vice-liderança dos programas matutinos só foi resgatada pelo Programa do Ratinho, que atingiu 5,1 x 4,8 da principal concorrente.

Ainda, 5,6 de Uma Ladra Sem Limites (2012) no Cine Espetacular, 3,6 do The Noite com Danilo Gentili, 2,7 para Operação Mesquita, 2,2 da reprise do Triturando, 2,1 do SBT Brasil em horário alternativo e 2,6 para a edição de quarta-feira (10) do Primeiro Impacto.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›