Thammy Miranda cobra respeito sobre campanha do Dia dos Pais e desabafa

Thammy Miranda
Thammy Miranda cobra respeito sobre campanha do Dia dos Pais e desabafa (Imagem: Reprodução / Instagram)

Quem está antenado nas últimas notícias sobre celebridades, certamente soube que Thammy Miranda firmou parceria com uma famosa marca de cosméticos para uma campanha de Dia dos Pais. Por conta disso, o filho de Gretchen recebeu uma enxurrada de críticas, especialmente por ser um homem transexual e resolveu rebater.

O ator fez um vídeo extenso em seu Instagram na noite de quarta-feira (29) e fez um primordial esclarecimento sobre a tal campanha: “Outros [famosos] foram contratados para fazer a campanha, como o Henrique Fogaça e o Babu Santana. Se eu não te represento, ok! Mas exitem outros que te representam. É isso que a gente tá falando, da liberdade de representar“.

Thammy continuou o desabafo discursando sobre representatividade: “Existe um nicho que eu represento e vocês precisam respeitar. Eles se sentem representados por mim. Eles não se sentem representados, por exemplo, por João ou José. Você que está falando um monte de besteira, talvez esse nicho que eu represento, você não represente ele. Quando somos uma pessoa pública, representamos um certo nicho. A falta de respeito nem é só comigo“.

Apesar de tudo, o artista esclareceu que não está lendo os comentários negativos e que a repercussão não o tem afetado: “Não estou lendo nenhum comentário maldoso, nenhum mesmo. Pra mim não está doendo. Tenho consciência da dor que eu estaria sentindo se tivesse procurando tudo isso que vocês estão aí falando. Porém, eu não me permiti sentir isso e não vou sentir. Então você que está perdendo o seu tempo me agredindo e agredindo o meu filho, ou quem quer que seja, a gente não está sentindo. Vocês estão agredindo outras pessoas que estão se sentindo representadas por mim. Se o seu foco é me agredir, não está acontecendo com êxito, não está dando certo. Meu filho está mais preocupado sobre ter mamadeira na hora certinha, do que com vocês”.

Você, homem (cisgênero), que não se sente representado por mim, não era pra eu representar você mesmo. Era pra eu representar o nicho que se sente representado por mim. Esse é o foco da Natura! Representatividade, respeito, liberdade. É isso que busca na nossa política, por exemplo, na nossa vida“, continuou Thammy Miranda, dando um direto recado aos que não se comunicam com ela.

Prosseguindo o discurso, o filho de Gretchen criticou a humanidade como um todo: “Fico triste ao saber o quanto o ser humano precisa evoluir… O tanto que vamos precisar passar por catástrofes e pandemias pra ver se o ser humano evolui. Eu sou muito temente a Deus e fico imaginando ele olhando tudo isso e pensando ‘onde foi que eu errei'”.

Por fim, Thammy se exaltou como pai e passou sua mensagem final: “Eu sou nem pior e nem melhor do que você. Sou um pai que todos deveriam ser. Pelo menos é o pai que eu tive e que eu gostaria que todos os filhos tivessem, que é atencioso, carinhoso, preocupado, que protege, que cuida, que ensina, que coloca de castigo quando precisa, que dá a vida para o seu filho. Ser um pai presente faz toda a diferença.  Agora você não pode impedir ou querer mandar na liberdade do outro. Não existe isso! Que a gente se torne um ser humano cada vez melhor porque se não a gente vai passar por muita coisa ainda até aprender”.

Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Thammy Miranda (@thammymiranda) em

Veja mais ›