Thiaguinho fatura cerca de R$ 2 bilhões por ano como empresário

Thiaguinho
Thiaguinho comentou sobre a sua empresa que rende milhões (Imagem: Reprodução / Instagram)

Aos 38 anos, Thiaguinho tem se encontrado em outra área além da carreira como cantor. O famoso tem aproveitado o tempo distante dos palcos devido à pandemia da Covid-19 para se dedicar a carreira de empresário.

A revista Forbes declarou que o cantor fatura R$ 2 bilhões por ano como empresário do ramo artístico e gestor da própria carreira. Uma grande responsável por essa verba é a Paz & Bem, editora que se tornou a responsável pela administração de suas canções e obras.

A empresa foi criada em 2009. Ainda que a música ocupe a maior parte do faturamento da produtora, a publicidade também traz cifras expressivas para a receita.

Cabe lembrar que Thiaguinho deixou a Som Livre em abril deste ano e, após investimento de R$ 52 milhões, se tornou dono da própria gravadora. Inclusive, o seu novo disco foi lançado pela Paz & Bem em julho.

“Eu era muito novo na época do grupo [Exaltasamba], não tinha o conhecimento de tudo o que acontecia no mercado da música e até hoje busco conhecimento, porque é um universo muito amplo. [Cuidar da própria carreira] foi uma ótima oportunidade para crescer enquanto artista em todos os sentidos. Não só musicalmente, mas também como gestor — e entender tudo o que envolve uma carreira”, contou.

Para a Forbes, ele afirmou que a gravadora lança apenas seus trabalhos, mas ele pensa em tocar projetos de outros artistas no futuro. “Tudo vai depender do crescimento dela, mas seria uma honra. Sou um cara muito curioso nesse sentido de procurar artistas e compositores novos”, disse o músico.

Na pandemia, ele passou a ser embaixador de uma marca esportiva, com a criação de uma linha exclusiva de produtos. Atualmente, a maioria dos contratos que Thiaguinho fecha é de licenciamento, em que ele oferece ideias para os produtos.

“Fico feliz por representar marcas porque é uma responsabilidade grande. Apostam na sua imagem e em tudo o que envolve a sua carreira. Tem a ver com sua conduta e sua credibilidade”, comentou ainda.

Atualmente, a Paz & Bem conta com 210 funcionários com carteira assinada e impacto indireto em cerca de quatro mil pessoas. O cantor contou que não houve demissões durante a pandemia.

“Sempre fomos muito organizados financeiramente, sempre tivemos preocupação com o caixa para que pudesse dar segurança caso acontecesse alguma coisa comigo. Conseguimos não mandar ninguém embora na nossa equipe, e isso me deixa muito feliz. Valorizo muito a galera que me ajuda a ser quem eu sou e poder fazer o que amo”, ressaltou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›