Tiago Leifert entrega emoção durante o BBB e cita Pyong Lee

Tiago Leifert
Tiago Leifert fala sobre situação envolvendo Pyong Lee (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Tiago Leifert foi entrevistado pelo É de Casa neste sábado (2), e revelou detalhes de quando descobriu que a esposa estava grávida. Daiana Garbin anunciou a gestação do primeiro filho do casal na última terça-feira (28), horas após a final do BBB 2020.

O apresentador do reality show disse que se deu conta de que seria pai por causa de Pyong Lee, pai do pequeno Jack, que nasceu enquanto o hipnólogo estava confinado na casa.

“Foi mais ou menos no meio de fevereiro, na época que o Pyong descobriu que o filho dele nasceu e ele tava confinado. Naquele fim de semana de anjo, que ele recebeu o almoço de anjo e viu o Jake pela primeira vez. Assistindo junto com ele, pensando: ‘Meu Deus, eu vou ser pai’. Ali eu chorei”, confessou.

Foi naquele momento que caiu a ficha de que sua vida estava mudando. “Eu fiquei feliz pra caramba. Mas dá aquele choque, você fala: ‘Caramba, deu certo. Nós vamos ter um filho, vai mudar tudo’. Então eu chorei junto com o Pyong e foi no meio de fevereiro”, lembrou.

Tiago e Daiana seguraram a notícias nos últimos dois meses por precaução. “A gente decidiu segurar a notícia bastante para ter certeza que tava tudo bem. A Dai tem 38 e eu tenho 40, então a estatística não tá do nosso lado, nem a biologia. Então precisa ter cautela, a gente esperou bastante para poder dar a notícia”, avaliou.

O nome da filha ainda não foi decidido. “Estamos com algumas opções, estamos conversando. Tenho que chegar num acordo ainda. Mas a decisão final é da mãe, eu tenho ideias, mas ela que manda, ela que vai carregar esse bicho na barriga”, brincou.

Tiago revelou que seu resultado do teste do coronavírus deu negativo, que está em quarentena com a mulher em São Paulo, e que não viu os pais e a irmã. “Eles moram perto. Chegar e não poder abraçar ninguém foi muito esquisito. Tinha visto pessoas falando a respeito, foi muito estranho passar por aquilo. Vai passar, mas é esquisito”, destacou.