Tico Santa Cruz detona apoiadores de Bolsonaro após morte de Tarcísio Meira

Tico Santa Cruz
Tico Santa Cruz criticou atitude de apoiadores do presidente em suas redes sociais (Imagem: Reprodução / Instagram)

O cantor Tico Santa Cruz desabafou em seu Twitter. O músico detonou os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), que questionaram a eficácia da vacina contra a Covid-19, após a morte de Tarcísio Meira, que faleceu por complicações da doença mesmo tendo sido imunizado. Na rede social, ele desabafou:

“Bolsominions, a vacina tem mais de 80% de garantia, pra não evoluir pra quadros graves! Se estivéssemos vacinados DESDE do início a pandemia já estaria sob controle, fazendo com que pessoas idosas, como o Tarcísio Meira, e outras muitas pessoas, pudessem ter sido POUPADAS! Monstros”.

Ainda no Instagram, o cantor continuou com o desabafo. “A Pandemia começou no Brasil em MARÇO – oficialmente, declarada pelo Ministro Mandetta na época. Em AGOSTO – já existia negociações de vacinas e o Brasil recusou. E foi recusando as propostas uma a uma como estamos acompanhando na CPI – para garantir PROPINA!!!”, escreveu.

Estamos indo pra 2o quinzena de AGOSTO – ou seja – podemos considerar que aquele período era o início da PANDEMIA sim! Até porque – da forma como estamos sendo conduzidos por Ministros irresponsáveis e um presidente IMBECIL, não sabemos quando será o fim da pandemia!“, seguiu.

Fato é que: AS VACINAS TERIAM DIMINUÍDO A CONTAMINAÇÃO e assim como Tarcísio, muitas outras pessoas poderiam ter sido poupadas!
Parem de tentar defender o INDEFENSÁVEL!”, finalizou.

Em recente entrevista à Quem, Tico revelou que seu desejo de falar sobre política é algo que o acompanha há bastante tempo:

“Eu queria ser jornalista e comentarista político. Cursei até Ciências Sociais na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), em 1997. Não concluí o curso, mas continuei estudando e lendo muito sobre o tema”.

Com a internet, acabei, de certa forma, me tornando o que queria ser. A internet foi me jogando para esse caminho”, afirmou o vocalista do Detonautas, que confessou que conhece o termo “cancelamento” desde 2012.

Alvo de ataques por sua postura crítica ao governo, Tico desabafou: “Vivemos uma democracia parcial. Sofremos muitas retaliações por conta dos posicionamentos políticos. Sofro ataques – inclusive no próprio meio artístico – desde 2012. Por causa do gabinete do ódio e dessa dinâmica de se criar fake news, tive inúmeros prejuízos financeiros e mental”.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›