Topíssima
Camila Rodrigues, protagonista de “Topíssima”; Rebeca Abravanel no “Roda a Roda Jequiti”; trama da Record perde audiência para o SBT (Imagens: Reprodução / Record – SBT)

A novela “Topíssima”, da Record, passou a terça-feira (2) atrás do SBT na audiência, segundo dados obtidos na Grande São Paulo. O canal de Silvio Santos, com o “SBT Brasil” e o “Roda a Roda Jequiti”, emplacou 9 pontos frente 8,4 da trama de Cristianne Fridman – por critérios de arredondamento, 9 x 8.

Nesta quarta-feira (3), a situação se repetiu. Foram 8,1 pontos para o telejornal de Carlos Nascimento e Rachel Sheherazade e o game-show de Rebeca Abravanel contra 7,9 – o que caracteriza empate, com 8 de média para cada emissora.

Evidente que os números não indicam, até então, rejeição ao folhetim. Desde a estreia, em maio, “Topíssima” vem mantendo índices similares aos dois últimos dois dias. Na semana passada (24 a 28 de junho), emplacou 8,1 pontos, a melhor média semanal desde os 9,2 anotados nos quatro primeiros capítulos (21 a 24 de maio).

Tais resultados, porém, permitem afirmar que, diferente do que a Record costuma divulgar em notas de audiência, “Topíssima” não está tranquila na vice-liderança. O SBT segue ameaçando a produção da principal concorrente.

No ar desde 2005, o “SBT Brasil” foi fixado às 19h45 no final da década passada. Atualmente, conta com a boa entrega dos folhetins mexicanos “A Que Não Podia Amar” e “A Dona”. Já o “Roda a Roda Jequiti” passou a ocupar a faixa entre o jornal e a novela há cerca de um ano.

Ambos surfam no prestígio e popularidade de suas apresentadoras. Rachel Sheherazade é hoje personalidade influente por conta de suas opiniões políticas – embora esteja impedida de comentar qualquer assunto na bancada do noticiário. Já Rebeca Abravanel, querida pelo público das redes sociais, ocupa destaque no campo das celebridades por conta de seu relacionamento com Alexandre Pato.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos