Hebe
Trecho do filme de Hebe Camargo mostra lado ativista da artista (Imagem: Reprodução)

Um novo trecho do filme “Hebe – A Estrela do Brasil”, que estreia dia 26 de setembro, foi divulgado pela Warner. No teaser, a apresentadora, que morreu em 2012, aparece mostrando seu lado ativista e em apoio à diversidade.

Andréa Beltrão, que interpreta Hebe Camargo fala também do apoio às minorias. “Eu defendo os excluídos, eu defendo quem eu sinto que precisa”, diz ela, na cena.

O longa-metragem tem direção de Maurício Farias e roteiro de Carolina Kotscho. Ele mostra a artista sem pudor ou medo da crítica. Hebe aparece sempre com seu jeito autêntica frente às câmeras, enfrentando preconceito, machismo e ditadura militar.

Além de Andréa Beltrão, o elenco ainda conta com Marco Ricca, no papel de Lélio Ravagnani, marido de Hebe, Daniel Boaventura, como Silvio Santos, Danton Mello como Claudio Pessuti, sobrinho e empresário da apresentadora.

Em outros papeis, Caio Horowicz, Gabriel Braga Nunes, Danilo Grangheia, Otávio Augusto, Claudia Missura e Karine Telles.

Abandonada, mansão de Hebe Camargo está em péssimas condições

A mansão de Hebe Camargo (1929-2012), localizada no bairro do Morumbi, na cidade de São Paulo, está deteriorada pelo tempo e por conta de uma briga judicial, envolvendo a herança de Lélio Ravagnani. Ela morou junto com o marido até a sua morte, em 2000.

Quando ele faleceu, Hebe se mudou para uma mansão ainda maior, onde ficou até a sua morte. Lélio tinha uma dívida e a Justiça colocou a antiga casa à venda.

A mansão valia R$ 9 milhões. Hoje, a Justiça colocou a casa à venda por R$ 2 milhões. O casal viveu lá por 21 anos. As informações são do programa “Melhor da Tarde”, da Band.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!