Túlio Gadêlha desabafa após Cid Gomes ser baleado em protesto

Túlio Gadêlha
Túlio Gadêlha se manifesta após Cid Gomes ser baleado (Imagem: Reprodução / Instagram)

O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) saiu em defesa do senador Cid Gomes (PDT-CE), após o político ter sido vítima de dois tiros durante um protesto no Ceará. A declaração do namorado de Fátima Bernardes dividiu opiniões na web.

No Instagram, o famoso destacou que tomou um susto com a notícia. “No começo, você toma um susto. Assiste a cena onde um senador derruba um portão com uma retroescavadeira, com ‘manifestantes’ do outro lado, que respondem com tiros”, narrou.

O parlamentar comparou os manifestantes com os responsáveis pelo Golpe de 64. “Depois descobre que aqueles ‘manifestantes’ estavam armados, com os rostos cobertos, nas ruas, ameaçando as pessoas, mandando os comerciantes fecharem as portas. Utilizavam viaturas e armamento do Estado. ‘Manifestação’ semelhante, só a de 1964”, disparou.

Nos comentários, alguns fãs defenderam a posição de Túlio, outros soltaram críticas. “O problema é que o sujeito que ‘está’ presidente no nosso país, fomenta tudo isso!”, afirmou um. “Se fazem isso com o Cid imagina com a população das favelas?!”, alertou outro.

Uma terceira disse que Cid Gomes queria fama. “Não vejo nada demais, paguem um salário justo. O senador só queria seus 5 minutos de fama”, apontou. “Inadmissível o que Cid fez, poderia ferir muita gente, agiram em legítima defesa”, defendeu mais um.

Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Cid permanece hospitalizado, mas não corre risco de morte. #ForçaCid

Uma publicação compartilhada por Túlio Gadêlha (@tulio.gadelha) em

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WordPress Lightbox