Túlio Gadêlha pode pagar multa por atitude polêmica envolvendo Juliette

Túlio Gadêlha
Túlio Gadêlha está sendo acusado de ter feito propaganda eleitoral antecipada (Imagem: Reprodução / Instagram)

Ao que tudo indica, Túlio Gadêlha se antecipou na propaganda eleitoral e pode pagar multa por isso. Segundo a coluna de Leo Dias, do Metrópoles, o Ministério Público Eleitoral em Pernambuco propôs ação contra o deputado federal.

A causa foi aberta porque o namorado de Fátima Bernardes, que é um provável candidato à reeleição em 2022, fez, no dia 28 de abril, publicações em seus perfis do Twitter e Instagram convidando seus seguidores a participarem de sua campanha.

Na ocasião, Túlio até fez menção a Juliette Freire. Na postagem, o político postou uma foto sua e o número 1212, com o qual ele disputou na eleição passada. “Kit 1212. Solicite o seu, receba em casa e participe da nossa campanha”, trazia o texto divulgado pelo deputado.

Para o Ministério Público eleitoral, o aliado do PDT usou a plataforma e seu elevado número de seguidores nas redes sociais para fazer uma propaganda eleitoral muito antes do permitido. Para quem não sabe, a divulgação só pode iniciar após o dia 15 de agosto do ano da eleição.

Diante do caso, Wellington Cabral Saraiva, procurador regional eleitoral de Pernambuco, solicitou que Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE/PE) – que julgará a ação – determine que o conteúdo deve ser deletado. Além disso, que seja aplicada a multa já prevista na legislação eleitoral. O valor seria acima do mínimo legal, que é de R$ 5 mil.

Em contato com a publicação, Saraiva afirmou: “O deputado utilizou meios de comunicação de grande visibilidade e disseminação no momento atual, além de fazer menção a uma pessoa de enorme prestígio – Juliette Freire –, que conta com mais de 32 milhões de seguidores só no Instagram”.

Vale lembrar que recentemente Túlio Gadêlha chamou atenção ao se irritar com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após a exposição de dados que colocaram o Chefe do Executivo do país como um grande mentiroso.

“Não é novidade para ninguém que Bolsonaro mente”, começou. “Mas, de acordo com pesquisa do Artigo 19, Bolsonaro é um mentiroso compulsivo. O pior é que suas mentiras afundaram o país na crise da pandemia e suas consequências sociais e econômicas”, detonou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›