TV A Crítica acaba com a Globo e expõe “traição” do governo do Amazonas

Paulo Carvalho

Revisado por: Luiz Fábio Almeida

03/05/2024

TV A Crítica
TV A Crítica detona a Globo e sobra até para governador após anúncio de Festival de Parintins (Imagem: Reprodução – Globo – TV A Crítica / Montagem – RD1)

O clima pesou na região Norte do país. A TV A Crítica emitiu um editorial com uma declaração clara contra a Globo como transmissora do Festival de Parintins. A emissora amazonense reclamou sobre o acordo feito pela concorrente com os Bois Garantido e Caprichoso.

A TV A Crítica se autodeclarou como dona dos direitos de transmissão do festival. A Rede Calderaro de Comunicação lembrou da sua parceria com o festival ao longo dos últimos 36 anos e se mostrou irritada com toda a situação.

No A Crítica Notícia, o repórter Dante Graça foi rosto e voz das queixas do canal. “Recebemos com surpresa a informação de que os Bumbás assinaram, sob forte pressão do governo do estado do Amazonas, um suposto contrato de transmissão com a Rede Amazônica”, disse.

Ainda na nota, a TV A Crítica declarou que “em nenhum momento houve qualquer restrição a negociações para ampliar os horizontes de divulgação nacional do Festival Folclórico de Parintins” e que não houve nenhuma sondagem da emissora líder de audiência.

Dante ressaltou que a Rede Amazônica, por meio do seu CEO, declarou que Wilson Lima, governador do Amazonas, foi a ponte para todo o acordo. “Além de agir como porta-voz de uma empresa privada, o governo, em nota, mente ao divulgar um suposto consenso pra essa transmissão”, atacou.

Jornal Nacional confirma exibição do Festival de Parintins

A Globo se mostrou interessada em exibir o evento por causa de Isabelle Nogueira, terceira colocada do BBB 2024. A cultura de Cunhã mexeu com os ânimos de todo o país e, de olho na repercussão do festival, o Plim Plim saiu atrás de uma transmissão inédita para todo o país.

No Jornal Nacional da última quinta-feira (2), a Globo confirmou a transmissão do Festival de Parintins no último fim de semana de junho.

O contrato foi assinado pelos presidentes do Boi Garantido, Fred Goés, e do Boi Caprichoso, Rossy Amoedo, com a presença do CEO da Rede Amazônica, Phelippe Daou Junior, e do governador do Amazonas, Wilson Lima. O diretor dos Estúdios Globo, TV Globo e Afiliadas, Amauri Soares, participou via videochamada.

Confira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo Carvalho
Escrito por

Paulo Carvalho

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].