Jesus
Dudu Azevedo, protagonista de “Jesus”; novela emplacou vice-liderança no último capítulo (Imagem: Blad Meneghel / Record)

O último capítulo de “Jesus”, novela bíblica da Record, conquistou a vice-liderança de audiência. Mas não com muita vantagem sobre o SBT, que, apresentando “As Aventuras de Poliana”, manteve a trama da concorrente, durante praticamente toda sua exibição, em terceiro lugar. No geral, os índices da emissora mantiveram a tendência de “recuo”, apresentada no feriadão, nesta segunda-feira (22), segundo dados obtidos na Grande São Paulo.

No ar das 20h45 às 21h52, “Jesus” atingiu 11,7 pontos, com 12,4 de pico e 15,6% de participação no número de televisores ligados (share); na mesma faixa, o SBT anotou 11,4 de média. Antes, o “Cidade Alerta” alcançou 11,8 pontos, com 15,8 de pico e 18,6% de share, entre 16h42 e 19h55. A reprise de “A Terra Prometida” (2016) assegurou 10,4 pontos, com 14,2 de pico e 14,2% de share, das 19h55 às 20h45.

As três atrações foram as únicas do canal, durante todo o dia, que emplacaram dois dígitos. Os demais programas, incluindo o bem-sucedido “Balanço Geral SP”, ficaram abaixo dos 10 pontos – 8,9 pontos, com 11,5 de pico e 19,7% de share, entre 12h e 15h. O desempenho aquém das expectativas do jornalístico vem afetando os números das reapresentações de “Bela, a Feia” (2009) e “Caminhos do Coração” (2007), que, ontem, bateram 6,9 e 5,8 de média, respectivamente; a segunda, em terceiro lugar.

Cabe destacar ainda a grade matutina, também na terceira colocação do “Balanço Geral Manhã” (1,7 x 5,1 do SBT) até o “Hoje em Dia” (4,7 x 5,5), passando pelo “São Paulo no Ar” (3,8 x 5,2) e “Fala Brasil” (4,8 x 5,2). Ainda, o “Jornal da Record” (8,1 x 10,8), o “Repórter Record Investigação” (5,0 x 8,6) e a série “Chicago Fire – Heróis Contra o Fogo” (3,7 x 6,5), todos atrás do SBT.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!