Valesca Popozuda desabafa sobre assédio no Carnaval

Valesca Popozuda
Valesca Popozuda comentou sobre assédio no Carnaval (Imagem: Reprodução / Instagram)

A cantora Valesca Popozuda sempre se posiciona em prol das mulheres em diversas lutas. Desta vez, na última segunda-feira (24), ela falou à revista Quem sobre feminismo e assédio sexual na época de Carnaval.

A cantora de funk disse que não é apenas uma luta em dias específicos e sim diária. “Todos os dias a gente tem que lutar contra o machismo, o assédio. Eu posso estar de short curto, de peito de fora, pelada e as pessoas têm que respeitar. Meu corpo, minhas regras e eu faço o que quiser“, afirmou Valesca.

A artista garantiu que tudo o que as mulheres mais querem é respeito. “Quando chega uma data importante as pessoas celebram muito, mas a gente tem que lembrar [do feminismo] todos os dias, porque as mulheres existem todos os dias. Tudo o que a gente quer é respeito“, contou.

Valesca, que sempre traz músicas fortes e com declarações bem polêmicas, se diz orgulhosa de seu repertório: “Eu me sinto muito feliz quando vejo que mulheres dizem que se inspiram em mim e nas minhas músicas. Eu digo sempre nas minhas letras o que muitas não conseguem ou têm vergonha de falar“.

Por fim, a funkeira enfatizou que as mulheres não devem ter vergonha do que os outros podem pensar a respeito delas. “A gente tem que colocar a voz no mundo, não podemos ter vergonha do que as pessoas vão pensar“, finalizou.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›