Venda da Libertadores para Globo, Disney e Viacom gera quase R$ 8 bilhões à Conmebol

Libertadores
Conmebol consegue bilhões ao vender a Libertadores da América para a Globo, Disney e Viacom (Imagem: Reprodução / Conmebol)

A Conmebol revelou na tarde da última quinta-feira (12) as novas casas da Libertadores e Copa Sul-Americana na TV aberta e TV paga entre 2023 e 2026. Com Globo, Disney, Viacom e SBT como os responsáveis pelos torneios continentais, a entidade alcançou bilhões de reais.

Com a venda dos direitos de transmissão da Libertadores e da Copa Sul-Americana, a instituição obteve cerca de US$ 1,520 bilhão, algo em torno de R$ 7,8 bilhões na cotação atual, segundo informações do UOL Esporte.

O valor adquirido representa um aumento de cerca de US$ 350 milhões (R$ 1,8 bilhão) em relação ao último ciclo de contrato.

Veja Também

Dentro do Conselho, o resultado foi apresentado como bem-sucedido pelo presidente da Conmebol, Alexandro Dominguez.

Anteriormente, os direitos da Libertadores proporcionavam cerca de US$ 300 milhões por ano nos contratos originais formados em 2019, e com o novo ciclo, o valor subiu para US$ 380 milhões a partir do ano que vem considerando o Brasil e a América Latina.

Libertadores volta para a Globo e SBT fica com a Copa Sul-Americana

A Libertadores voltou para a Globo e a Disney conquistou a competição na TV por assinatura. O segundo pacote da TV paga ficou com a Viacom, por meio da Paramount. A OneFootball ficou com os highlights.

Por meio de nota, a Globo informou: “Para nós, é uma grande satisfação celebrar novamente esta parceria. Construímos uma relação de quase três décadas com a Conmebol, exibindo a Libertadores desde 1993, e acreditamos que ajudamos a consolidar o sucesso da competição no Brasil, através de um alcance único e de uma alta qualidade reconhecida pelo público, não apenas na transmissão mas também na cobertura da competição”.

A Copa Sul-Americana ficou com o SBT, que garantiu o retorno do campeonato no campo da TV aberta após três anos. A Disney ficou com os jogos na TV fechada, assim como a Paramount e OneFootball.

Houve disputa pelas competições em outros países da América do Sul, América Central e Caribe. A Viacom ficou com os direitos de TV aberta na Argentina (Telefe) e no Chile. A ESPN conseguiu a manutenção do acordo.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›