Viúva de Chico Anysio segue intubada e com secreção no pulmão

Chico Anysio
Viúva de Chico Anysio segue intubada (Imagem: Reprodução/ Instagram)

Malga Di Paula, viúva do ator Chico Anysio (1931-2012), segue internada em tratamento contra a covid-19. A empresária apresentou secreção no pulmão e continua intubada, segundo informou o ex-marido dela, Felipe Batista, nesta segunda-feira (19).

Ele disse que a função renal de Malga está melhor, mas o quadro ainda continua bem delicado. Ao UOL, porém, a família da viúva de Chico Anysio negou as informações.

“A Malga continua na UTI, permanece intubada, está em ventilação mecânica, FIO2 40% (oferta de oxigênio). Mudaram o antibiótico, está com bastante secreção pulmonar. Durante a noite, teve uma leve hipotensão e foi instalado noradrenalina. A função renal está melhor”, declarou Felipe Batista.

O ex-marido dela seguiu: “A situação dela continua bem delicada, desejo que ela possa supere essa doença terrível o mais breve possível. Malga é devota de São Jorge, peço que oremos para melhoras”.

A família de Malga Di Paula, por sua vez, garantiu que ela segue na UTI e está estável. Mô Bertuzzi, sobrinha da paciente, ainda ressaltou que apenas ela e a mãe recebem os boletins médicos com os detalhes da saúde dela.

“Não temos muita novidade para compartilhar com a imprensa. Apenas que ela segue na UTI e que está estável. Quando tivermos alguma novidade consistente, vamos compartilhar com todos“, disse Mô à publicação.

Cabe lembrar que Malga di Paula e Chico Anysio foram casados por 15 anos até a morte do artista em 2012. Em 2013, a empresária se casou com Felipe Batista, mas os dois se separaram no ano passado. Em rede social, ele compartilhou uma foto desejando melhora à ex-mulher.

Em abril passado, a escritora fez uma homenagem em seu perfil do Instagram para o humorista na data em que ele completaria 90 anos se estivesse vivo. “Meu Deus, como eu gostaria que você estivesse aqui pra comemorarmos juntos esta data. @chicoanysio você poderia perfeitamente estar aqui, não fosse ter fumado durante muito tempo. Você mesmo dizia, que fumar era a única coisa da qual se arrependia durante toda a vida”, iniciou.

“Sim, estaríamos juntos comemorando esta data como estivemos durante os últimos 14 anos de sua vida e estaríamos felizes como fomos desde o dia que nos conhecemos. Meu amor, apesar da sua ‘morte’ você nunca me abandonou. Toda vez que preciso de força vou buscá-la na sua eterna energia e sempre sinto sua presença amorosa cuidando de mim, exatamente como sempre fez”, afirmou Di Paula.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›