Mr. Catra
Sílvia Regina anunciou que irá vetar pedido de Marília Bessy para liberar gravação de música com Mr. Catra (Imagem: Reprodução / Instagram)

A primeira esposa de Mr. Catra, Sílvia Regina afirmou à coluna de Fábia Oliveira, do jornal “O Dia”, deste sábado (27), que não vai liberar para Marília Bessy a gravação de “Eu Dei”, música do funkeiro que faria parte do novo álbum da cantora.

Com 15 dias que meu marido tinha morrido, essa moça disse que tinha gravado um som com o Wagner e eu disse que liberaria. Só que ela sumiu e ninguém falou mais nada. Em momento algum nós dificultamos para a Marília alguma coisa. Essa música nunca foi o último desejo do Catra. O último desejo do meu marido era estar vivo, com a família dele. Agora eu não vou liberar mais a música. Não é por nada. É pela mentira. E pode ter certeza de que a gente não vai ficar nem mais rico e nem mais pobre por causa de uma música“, relatou Sílvia.

Trata-se de uma versão inédita de uma música já gravada por Marília e Catra. A dupla gravou a machinha de carnaval “Eu dei”, em 2015; a faixa é regravação de um antigo sucesso de Carmem Miranda, com uma nova roupagem que mistura funk com eletrônico.

A viúva ainda afirmou que Mr. Catra deixou várias canções inéditas, que devem ser lançadas: Ele deixou várias músicas inéditas para lançar, pois fez grandes parcerias e espero que vocês, meus fãs, amigos, parceiros, crianças e adolescentes continuem para que eu continue com esse trabalho maravilhoso que ele deixou. Então, eu peço, deixe sempre que a música entre em seus ouvidos e mentes, que ela seja usada como alegria para preencher cada coração“, comentou Sílvia.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA