Walcyr Carrasco apoia paródia que tira sarro de Queiroz, Jair e Flávio Bolsonaro

Walcyr Carrasco
Walcyr Carrasco apoia paródia que tira sarro de Queiroz, Jair e Flávio Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Instagram)

Uma investigação em curso, deflagrada pelo Ministério Público, apura uma movimentação suspeita de Flávio Bolsonaro. Bruno Sartori, conhecido pelas deepfakes, fez uma paródia da situação e Walcyr Carrasco aprovou o que viu.

A operação do MP é sobre a loja de chocolates do senador, que é filho mais velho de Jair Bolsonaro, e aponta que o lucro possa ter trazido Alexandre Santini (sócio) como um laranja num esquema de lavagem de dinheiro.

Sartori, conhecido pelos vídeos em que troca rostos digitalmente, parodiou a abertura da novela Chocolate com Pimenta que, na sátira, virou “Chocolate com Laranja”.

No vídeo, Flávio aparece servindo chocolates, enquanto Fabrício Queiroz (assessor de Flávio) serve laranjas e Jair surge com a faixa presidencial segurando um berrante. Esse último elemento tira sarro dos apoiadores do presidente, constantemente chamados de “gado” pelo apoio incondicional ao político.

Walcyr, autor de Chocolate com Pimenta, aprovou a montagem feita: “A internet me diverte!“.

Confira:

Walcyr desabafa sobre problemas com Aguinaldo Silva

Colecionando histórias de sucesso, Walcyr Carrasco também tem algumas desavenças para a conta. Uma delas foi com Aguinaldo Silva, com quem já teve problemas. No entanto, a relação dos dois já está mais tranquila.

Em entrevista à coluna de Leo Dias, do UOL, o autor falou brevemente sobre o ocorrido e como lida com o assunto. “Encontrei com ele e, como sou uma pessoa educada, eu o cumprimentei. A quizumba foi dele, não minha. Eu apresentei a minha sinopse [de Morde e Assopra], ela foi aprovada e [a novela] foi ao ar antes da dele. Ele fez a quizumba de achar que eu poderia ter roubado a história dele. Como eu poderia fazer isso se eu estava antes no ar?”, disparou o escritor.

Mas, quando nos encontramos, o cumprimentei e pronto. Fizemos até uma selfie. A gente tem que ser educado na vida. Isso é uma história dele para com ele, uma história que ele criou para ele“, completou.

Outro probleminha que Carrasco teve foi com Marina Ruy Barbosa. Para quem não se lembra, em Amor à Vida, a atriz se negou a cortar os cabelos e o autor decidiu matar sua personagem.

Quando questionado se teria chance de chamá-la para mais uma novela, o autor respondeu: “Já declarei nos jornais que sim. Mas tem que ser um papel que eu ache que tenha a cara dela. Marina é uma grande atriz, mas, hoje em dia, ela é muito forte na internet, e muitos atores, às vezes, não querem fazer um papel negativo porque mexe com a imagem deles em relação a seguidores. Então, tem que ver o que dá para oferecer que deixe a pessoa feliz. Tenho que conversar com ela sobre o papel antes para deixar as coisas claras e bem combinadas“.

WordPress Lightbox