William Waack toma a 1ª dose da vacina contra a Covid-19

William Waack
William Waack toma a primeira dose da vacina contra a Covid-19 (Imagem: Reprodução / CNN Brasil)

William Waack engrossou a lista dos jornalistas que tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19. O âncora do Jornal da CNN, da CNN Brasil, foi entrevistado pelo canal de notícias no drive-thru onde foi imunizado.

De máscara, o veterano se emocionou. “Aqui está a sua saída, a sua vida, aqui está a sua salvação. Tome a vacina, esqueça o resto”, recomendou o jornalista, que foi o primeiro âncora da CNN que foi vacinado.

Ele recebeu a Coronavac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovac. Até o momento, a vacina produzida no Brasil vacinou mais de 80% dos quase 25 milhões de vacinados até aqui.

“Eu posso entender porque as pessoas se emocionam. É uma enorme expectativa que eu acho que todo mundo tem. Isso significa vida e isso significa recuperar o país. Uma pena que tenha demorado tanto”, declarou Waack.

“Esta ciência, estas pessoas que trabalharam [para isso], fizeram esse imunizante e devolveram para a gente a esperança que a gente perdeu em instituições, perdeu no sistema político e perdeu na capacidade de decisões”, desabafou.

Com 68 anos de idade, William Waack ficou afastado dos estúdios da CNN Brasil por causa da pandemia. Desde 19 de março do ano passado, ele tem comandado o principal telejornal do canal da sua casa.

Quem também tomou a primeira dose da vacina foi Paulo Betti. Em vídeo, o ator exibiu o momento da agulha e protestou contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Estou muito feliz por ser vacinado. Viva o SUS, viva os agentes de saúde e os voluntários. Viva o Butantan! Viva a Fiocruz! Mas ao mesmo tempo estou revoltado, eu já poderia ter tomado essa vacina no começo de janeiro junto com todo o povo brasileiro, assim teríamos evitado muitas mortes. Abaixo esse governo genocida!”, atacou.

Susana Vieira foi outro nome da Globo que recebeu a vacina contra o coronavírus. Aos 78 anos, a veterana recebeu a segunda dose. “Senti que vou viver mais um pouco, porque estava achando que a gente ia morrer”, declaro.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›