Xuxa Meneghel surpreende Eliana, revela odiar casamentos e rejeita título

Xuxa
Xuxa abriu o jogo sobre relação com Junno (Imagem: Reprodução/ SBT)

Xuxa Meneghel participou do Programa Eliana, no SBT, neste domingo (7), e abriu o seu coração sobre vários assuntos. Ao receber a amiga na sua casa, a apresentadora começou revelando detalhes a respeito da sua mudança de casa, abandando a famosa “casa rosa”.

“Esse é o meu momento de muitas mudanças. Gosto muito desse lugar bem menor, ainda mais nessa pandemia. Limpar uma casa dessas. A unha não fica legal, você lava louça toda hora. Eu lavo, cozinho. Até piscina aprendi a limpar. Com a pandemia mudou muito a minha vida”, comentou ela.

Xuxa revelou que, após o falecimento de sua mãe, começou a pensar em se mudar da mansão e ir morar em uma casa menor. “A Sasha quer casar. Imagina limpar tudo isso?”, brincou a loira.

Em seguida, a loira abriu o jogo sobre a sua relação com Junno Andrade: “O Junno não fica definitivo aqui. Ele vai muito para São Paulo, porque mora em São Paulo. Eu acho que a gente é casado, passamos de oito anos, tem coisas dele aqui”.

“Eu não gosto muito da palavra casamento, temos união estável. A palavra me faz um pouco mal, desde pequena. Eu nunca casei. Desde pequena falava que não ia me casar. As pessoas me convidam e eu não gosto de ir para casamento”, disse ela.

A artista ainda ressaltou: “Eu e Junno namoramos muito. Em qualquer lugar a gente está junto, namorando, se apertando e se curtindo. Uma das coisas que mais me fascinou na nossa relação foi quando minha mãe estava no hospital, durante 28 dias, ele ficou 28 dias comigo”.

Ela ainda garantiu que é uma boa sogra e falou sobre o noivado de Sasha. “A pessoa que está com a minha filha, fazendo ela feliz, eu vou ser a sogra mais incrível para essa pessoa. Eu chamo o João de anjo. Enquanto ele estiver feliz… agora se minha filha ficar triste, eu vou ser a pior sogra“, comentou.

Passado humilde

No programa, Eliana quis saber: “Você sempre buscou a sua essência, né? Mas agora é voltar pra um menorzinho, gastar menos. Você lembra da sua casa lá no subúrbio?”.

“Claro! Eu tenho ela ainda. Eu lembro de Coroa Grande, onde eu passei toda a minha adolescência. Só que quando eu falo isso, as pessoas não acreditam muito, mas eu fui tão feliz ali”, começou Xuxa.

A famosa seguiu: “Não tem aquela frase ‘eu era feliz e não sabia’? Então, eu era muito feliz e sabia que era muito feliz naquele lugar que era desse tamanho. E tenho muita paixão. Por Deus, eu nenhum momento eu estava naquele lugar e dizia que queria estar em outro. Sim, eu desejava dar um apartamento melhor pra minha mãe, comprar uma coisa melhor pra minha mãe e pro meu pai, mas eu era muito feliz”.

“Não é o ter, é o ser. Você entende, né? Minha filha que já nasceu num lugar desse talvez não vá entender”, afirmou ela, que rejeitou o título de “pobre” do seu passado.

“Falta entenderem que eu não quero de maneira nenhuma que as pessoas olhem pra mim e falem: ‘Caramba, a Xuxa era pobre’. Eu odeio se alguém me fala isso. Pobreza tá dentro das pessoas. Não fora, onde a gente convive. E eu nunca fui pobre, nem dentro nem fora. Não me sinto assim, não me acho assim e nunca me quis assim”, desabafou.

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›