Xuxa solta o verbo sobre os cristãos e diz que “precisamos nos assumir”

Xuxa
Xuxa Meneghel fez uma publicação de conscientização (Imagem: Reprodução / Instagram)

Aos 57 anos de idade, Xuxa Meneghel voltou a virar assunto na internet após anunciar o lançamento de um livro infantil com temática LGBTQ+ e resolveu rebater as pessoas que estão fazendo acusações contra ela em seu perfil no Instagram.

Na rede social, a apresentadora da Record publicou uma imagem com a frase “Deus é Amor” e, na legenda, escreveu um texto que seu namorado, Junno Andrade, recebeu de uma seguidora. “Serve bem para a polêmica do livro que escrevi”, declarou.

“Eu acredito na cura gay. Sabe quando ela ocorre? Quando, como vi hoje em um post, o pai pede que o filho dê um beijo no namorado para ele tirar uma foto. Também ocorre quando o neto pergunta para a avó: ‘O que a senhora faria se eu trouxesse meu namorado aqui na sua casa?’. E a avó responde: ‘Café'”, iniciou.

“Ou quando alguém pergunta a uma criança: ‘O que você acha de um homem se casar com outro homem ou de uma mulher se casar com outra mulher?’ e a menininha pergunta: ‘Vai ter bolo?’ A cura ocorre, quando a culpa desaparece, quando a pessoa deixa de se sentir errada”, revelou.

“Quando consegue ser feliz sem medo, sem pensar em doença, ou pecado. A cura vem quando se tira o peso das costas, quando não se percebe como o estranho no ninho, quando a pessoa se sente amada. Desse processo de cura precisamos todos nós. Precisamos nos assumir. Todos nós”, prosseguiu.

“Gordinhos, baixinhos, magrinhos. E o que é mais legal é que quando eu deixo o outro ser do jeito que que ele quer ser, o mundo fica mais fácil para eu ser do jeito que eu quero ser. Esse debate é muito importante, pois, como disse um amigo, mostra quanta gente faz parte de um círculo de amor, de pessoas do bem!”, declarou.

“Aliás, psicólogos são as pessoas indicadas para ajudar a resolver questões mal resolvidas, uma delas é ‘Por que a felicidade dos outros incomoda tanto?’ ou ‘Por que ver pessoas bem resolvidas tira tanto o sossego?’ Aí sim, tem muita gente precisando de ajuda”, finalizou, indicando Renata Cortez como autora do texto.

Confira:

View this post on Instagram

Olha que lindo o texto que o Ju recebeu de uma seguidora, serve bem para a polêmica do livro que escrevi e que ainda nem saiu…. 🌈🌈 Eu acredito na cura gay. Sabe quando ela ocorre? Quando, como vi hoje em um post, o pai pede que o filho dê um beijo no namorado para ele tirar uma foto. Também ocorre quando o neto pergunta para a avó: “O que a senhora faria se eu trouxesse meu namorado aqui na sua casa?” E a avó responde: “Café.” Ou quando alguém pergunta a uma criança: “O que você acha de um homem se casar com outro homem ou de uma mulher se casar com outra mulher?” e a menininha pergunta: “Vai ter bolo?” A cura ocorre, quando a culpa desaparece, quando a pessoa deixa de se sentir errada, quando consegue ser feliz sem medo, sem pensar em doença, ou pecado. A cura vem quando se tira o peso das costas, quando não se percebe como o estranho no ninho, quando a pessoa se sente amada. Desse processo de cura precisamos todos nós. Precisamos nos assumir. Todos nós. Gordinhos, baixinhos, magrinhos. E o que é mais legal é que quando eu deixo o outro ser do jeito que que ele quer ser, o mundo fica mais fácil para eu ser do jeito que eu quero ser. Esse debate é muito importante, pois, como disse um amigo, mostra quanta gente faz parte de um círculo de amor, de pessoas do bem! Aliás, psicólogos são as pessoas indicadas para ajudar a resolver questões mal resolvidas, uma delas é “Por que a felicidade dos outros incomoda tanto?” ou “Por que ver pessoas bem resolvidas tira tanto o sossego?” Aí sim, tem muita gente precisando de ajuda. (Texto de @renatacortezac )

A post shared by Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) on

CONTINUE LENDO →

Publicitário e Jornalista de Celebridades, Lucas Medeiros compartilha todos os dias o cotidiano dos famosos de maneira leve, original e divertida. Acompanhe tudo clicando aqui!