A Fazenda 2020: Nova Prova do Fazendeiro e eliminação de Victória garantem liderança em Salvador e Manaus

A Fazenda 2020
Marcos Mion no episódio desta quinta-feira (29) de A Fazenda 2020; Prova do Fazendeiro e eliminação de Victória turbinam audiência em Salvador e Manaus (Imagem: Reprodução / Record)

A edição da última quinta-feira (29), uma das mais movimentadas desta temporada, de A Fazenda 2020 garantiu a liderança de audiência para a Record na média em Salvador e Manaus. O programa foi agitado devido o cancelamento da Prova do Fazendeiro, refeita depois da constatação de um erro na contagem dos pontos, além da votação da Roça, que resultou na eliminação de Victória Villarim.

De acordo com dados consolidados de audiência, o reality marcou das 22h50 às 0h37, 17 pontos de média na principal cidade amazonense e 19 de pico contra 13,9 da Globo. A atração comandada por Marcos Mion garantiu 28% dos televisores ligados na região.

Já na capital baiana, A Fazenda registrou 13,5 pontos de média contra 12,9 do segundo colocado. No período, o episódio ainda atingiu a marca de 16 de pico e share de 29%.

A Fazenda garantiu o primeiro lugar dentro da pesquisa do Mercado Nacional (PNT) em outras cinco capitais: Goiânia, Belo Horizonte, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Foram 14,4 pontos de média, 16 pontos de pico e 29% de share, enquanto a emissora, em segundo lugar, registrou 13,8 pontos de média.

No Distrito Federal, o reality rural marcou 12,4 pontos contra 12,3 da emissora que ficou na vice-liderança. O pico foi  de 14 pontos e o share 26%. Em Goiânia, fechou o horário com 16,4 de média e 18 de pico, além de 40% de share; 11 pontos de diferença em comparação ao vice-líder, que marcava apenas 5,1 pontos.

Em BH, o desempenho foi de 14 pontos de média, chegando a 16 em sua melhor performance e 33% de share. No momento; o segundo lugar, na ocasião, apontava 12,4 de média.

Em São Paulo, A Fazenda 2020 venceu na média geral com 17,3 pontos contra 15,1 da Globo, que exibia mais uma noite de audições às cegas no The Voice Brasil e o talk-show Que História é Essa, Porchat. A atração ainda atingiu o pico de 19 pontos e share de 31%. O feito representou um recorde do próprio reality show durante os programas exibidos as quintas-feiras, noite de eliminação.

 No Rio de Janeiro, a atração conquistou o melhor desempenho do ano e ficou em primeiro lugar absoluto na média geral com 16,5 pontos, pico de 19 e share de 30% contra 15,6 de média da Globo.

Veja mais ›