A Fazenda 2023: Lucas e Kally surtam com Jenny após expulsão de Rachel Sheherazade

A Fazenda 2023
Lucas e Kally surtam com Jenny após expulsão de Rachel Sheherazade em A Fazenda 2023 (Imagens: Reprodução – PlayPlus / Montagem – RD1)

Como sabido, Rachel Sheherazade cedeu às provocações de Jenny Miranda e acabou sendo expulsa de A Fazenda 2023, por agressão física. Lucas Souza e Kally Fonseca perderam a paciência com a peoa e o clima na sede ficou bem pesado.

Acompanhe tudo sobre A Fazenda 2023 na cobertura especial do RD1

Aos gritos, Lucas chamou a influenciadora de mulher nojenta. No mesmo tom, a forrozeira bradou: “Foi pra cima da gente aqui dentro. Do mal! Fazendeira do mal. Enviada pelo demônio”.

Ao ser questionado, o ex-militar mandou alguém calar a boca e sair de perto dele. Jaquelline Grohalski também se meteu para cutucar Jenny: “[Ela] foi pra cima de várias pessoas”.

Foi quatro vezes. Foi com Cariúcha, com Black, comigo e agora você conseguiu, sua ‘do mal’”, completou Kally, lembrando do histórico de tretas da mãe de Bia Miranda.

Intromissão piora o clima em A Fazenda 2023 e peões fazem previsão sobre Jenny

Tonzão Chagas até tentou defender a amiga, mas Souza não deixou por menos e rebateu: “Agredida é o caralho. Mulher baixa”.

O ex-marido de Jojo Todynho ainda apostou que Jenny Miranda vai sair do reality show com a reputação bastante arranhada: “Veio aqui carimbar a imagem, [mas] prejudicou. Vai sair pior, porque Deus é fiel”.

Tu vai pagar, Satanás”, berrava Kally em outro canto. A peoa citou que a decisão partiu da direção do programa, ao invés dela, e que foi agredida.

No fim de tudo, Lucas Souza disse que Miranda coagiu uma mulher de 50 anos, a peitando para caçar a desclassificação da rival.

Confira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTQIA+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.