Acusado de agredir esposa, goleiro Jean tem contrato com SPFC rompido

Goleiro Jean
Acusado de agressão, goleiro Jean foi afastado do São Paulo Futebol Clube (Imagem: Reprodução / Instagram)

Diante de toda a polêmica em torno do caso de agressão exposto em dezembro do ano passado pela sua esposa, Milena Bemfica, o São Paulo Futebol Clube, resolveu suspender o contrato que o goleiro Jean tinha com o time.

O jogador chegou a ser preso nos Estados Unidos, após ter sido acusado pela companheira de agressão, durante as férias do casal em Orlando, no estado da Flórida. O caso teve uma grande repercussão e foi amplamente divulgado nas redes sociais, além de ter sido noticiado nos principais jornais do Brasil.

A decisão do clube paulista foi vista como uma forma de proteger o clube de possíveis problemas jurídicos no futuro. O corpo jurídico entendeu que, caso o São Paulo optasse por demitir o goleiro por justa causa, Jean poderia entrar na Justiça, pedindo uma indenização pelo encerramento do seu contrato; a ação poderia gerar um alto custo ao clube paulista.

Com a suspensão do contrato, o goleiro passa a ter seu salário suspenso, até decidir seu futuro junto ao São Paulo. A medida também abre caminho para a contratação do atleta por outro time e o valor da futura negociação, que pode ser algo simbólico e até já negociado com o estafe do jogador.

Jean ainda tinha contrato com o São Paulo até o fim de 2022; porém, esse prazo pode vim a se encerrar de vez no final desse ano, caso o goleiro não encontre um novo time para jogar. As informações são da coluna de Flávio Ricco, do UOL.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox