Acusado de estupro, Felipe Prior tem audiência sobre o caso marcada

Felipe Prior
Felipe Prior vai ser investigado sobre denúncia de estupro (Imagem: Reprodução / Globo)

A audiência do processo sobre o caso de estupro envolvendo Felipe Prior foi marcada para o dia 9 de maio de 2022. Segundo informações do colunista Leo Dias, do Metrópoles, o processo envolve uma das quatro acusações contra o ex-BBB.

De acordo com a publicação, a juíza Eliana Cassales Tosi Bastos decidiu que todas as partes envolvidas no processo serão ouvidas, inclusive Prior e a jovem que alega ter sido estuprada por ele, além das testemunhas de defesa e acusação.

Em recente entrevista ao canal de Lucas Selfie, no YouTube, o ex-BBB falou sobre a denúncia e revelou:

“Só quero provar minha inocência. O momento em que eu estou é de querer que tudo isso acabe. Quero que minha mãe tenha a paz dela. Minha mãe sabe o filho que ela tem e a pior coisa que tem para qualquer mãe é ver seu filho injustiçado. Vendo minha mãe e meu pai chorar e fingirem que estão bem não é legal”.

O arquiteto, para quem não se recorda, foi acusado de estupro e tentativa de estupro por três mulheres. Os casos teriam ocorrido em 2014, 2016 e 2018, durante um torneio universitário do curso de Arquitetura e Urbanismo, o Interfau. As denúncias vieram à público quando Prior ainda estava na casa do BBB 20. Os nomes das mulheres foram mantidos em sigilo e o processo corre em segredo de Justiça.

Após o episódio, Prior passou a tomar uma atitude. Em entrevista a um podcast, o ex-BBB contou que instalou câmeras de segurança em seu apartamento para ter possíveis provas de como tudo aconteceu.

Eu coloquei… É uma merda, meu apartamento é pequenininho e vai ter câmera. É uma merda porque você está todo dia em um Big Brother, mas eu coloquei porque foi algo que me deu uma liberdade”, afirmou.

Dá medo, mano. Você começa a ficar com medo, porque pra você transar com uma menina hoje, tem que ter muito cuidado“, frisou o arquiteto.

Ele ainda confessou que sente medo em iniciar uma relação atualmente. “Se eu contar minha história de vida dá um livro sensacional. De tudo que eu vivi depois que saí do Big Brother, de ter medo de começar a ter um relacionamento…”.

“É que eu sou muito de boa, mas você começa a ter medo de levar uma mina em casa. Quantas meninas eu fui transar e me pediram tapa na bunda? Não dou tapa na bunda nem fudend*. E tem mina que gosta, mano”, revelou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›